Mensagem

As aparências enganam

aparenciasenganamTudo o que ele conquistou foi por meio da Fé… mas, chegou um dia em que se deu conta que o mais importante ainda não tinha acontecido: ele não conhecia a Deus…

Lutou com Deus e foi transformado de Jacó para Israel. Quer dizer, saiu de enganador (que é o significado de Jacó), para *príncipe de Deus, que é o significado de Israel. Mas, será que você se lembra da escolha que ele fez?

* “Então, disse: Já não te chamarás Jacó, e sim Israel, pois como príncipe lutaste com Deus e com os homens e prevaleceste.” (Génesis 32.28)

Jacó apaixonou-se por Raquel, que era a filha mais nova, linda e maravilhosa de Labão, irmão da sua mãe. Jacó ficou de tal forma afetado que, quando a viu, diz a Bíblia, que ele chorou de alegria (Génesis 29.11). Porém, Jacó veio a casar com Lia, que era a irmã mais velha de Raquel, e sobre quem diz a Bíblia: não era bonita.

Todavia, para Deus não existe feio nem bonito, para Ele há criaturas ou Filhos. Quando a pessoa tem o Espírito Santo, pode não ser bonita fisicamente, mas, tem simpatia, carisma, uma Graça Divina, quando abre a boca tem uma certa graciosidade, força, uma beleza que chama a nossa atenção e nos prende, nos atrai.

Quando a pessoa não tem o Espírito Santo, pode ser linda, de olhos verdes ou azuis, mas, o seu semblante é triste, o seu olhar é morto e perdido, pode ser uma Miss, mas, quando abre a boca, não tem vida, não tem nada, nada, nada… e quem é de Deus sabe disso. O mundo não! Mas, quem é de Deus, percebe, pega no ar.

Até então, Jacó não era um homem espiritual, maduro na fé… e entendemos isso, porque ele fez uma escolha pelo que viu. E sabe o que fez a mulher que Jacó tanto amou, Raquel? Mentiu, Idolatrou e Roubou. Quem é fiel não mente, não idolatra e muito menos rouba. E ela não roubou qualquer coisa, não foi dinheiro, porque tanto o pai como o marido já eram riquíssimos, ela roubou, sim, os deuses do pai. Observe a sua ignorância espiritual, Jacó tinha Aliança com o Deus de Abraão, seu avô, que o tornou mais rico e próspero do que o seu sogro e os cunhados juntos.

Lia não, já tinha Fé no mesmo Deus que Jacó, era mais madura do que o próprio Jacó, e o tolerou. Geralmente, quem morre é o mais velho, mas, no caso de Lia não foi assim, Raquel foi embora cedo e Lia permaneceu com Jacó nos momentos mais difíceis.

Lia deu cinco filhos a Jacó, e Raquel dois. Desses dois vieram muitos problemas, inclusive, através de um deles, o povo de Israel tornou-se escravo. Mas, através desses cinco de Lia, por meio de uma tribo, veio o Salvador, Jesus. Por meio de outro, formou-se a tribo de Levi, que são os sacerdotes e Profetas dos que servem a Deus no Altar e têm por herança o Senhor. A outra tribo foi dos guardiões, que guardam Israel, que iam para as batalhas. As características das cinco tribos foram as que fizeram a diferença na Terra Prometida!

Lia, aqui, simboliza o Espírito Santo. As pessoas chegam à Igreja e pedem saúde, prosperidade, realização sentimental, familiar… ou seja, querem Raquel, as Promessas, as “belezas”… e não há nada de errado nisso. Mas, quando se fala de Lia, o Espírito Santo, que não se toca, não se vê, não tem beleza, aparentemente não tem nenhuma atração, Ele é tolerado, só em uma ou outra reunião, pedem que o Espírito Santo venha, mas é um “vem” que não expressa nenhuma entrega e, por isso, Ele nunca as Batizou. Mas, é o Espírito Santo que está connosco nos momentos mais difíceis. Quando passamos por um aperto, dificuldades, não vai estar lá casa, carro, dinheiro, filho, pai, irmão, amigo, título, etc.: e sim, o Espírito Santo!

É o Espírito Santo que está com aqueles que são maduros e faz amadurecer os que O recebem. É o Espírito Santo que dá vida para você servir mais a Ele, para se guardar, para permitir que o Salvador chegue a outros por meio de si, do seu testemunho, então, você amadurece!

Quando você é uma Raquel, pode ter toda a beleza, estar vestida de ouro, mas não deixa de ser uma criatura. E é isso que temos visto, as pessoas ficam a medir esforços para sacrificar para serem Batizadas com o Espírito Santo, não têm disposição para subir o Monte Hermom (o Altar da entrega), para fazer o Jejum dos 21 dias de desintoxicação, para meditar, para buscar as coisas de Deus, para louvar, ficam só a escutar ou a concordar… assim, você nunca vai receber o Espírito Santo??!! Ouvindo uma oração do Bispo, do Pastor… você é que tem que orar, derramar o seu coração, abrir a boca e falar o que traz dentro de si, sacrificar-se.

Nem todos os que estão na Igreja estão Salvos, porque nem todos valorizam o Espírito Santo e porquê? Porque não querem sacrificar, desprezam Lia, querem Raquel. Mas virão momentos difíceis e, quando eles chegarem, mesmo você estando dentro da Igreja, se não estiver casado com o Espírito Santo, vai desesperar-se, negar a sua Fé, blasfemar, vender-se e desertar.

Você tem que se despojar física, espiritual, material e emocionalmente para servir a Deus, é isso que faz você sair do estado de crente mendigo para Filho de Deus!

Deus é contigo e eu também!

Bjf

Deixe o seu comentário

Ou preencha o formulário abaixo.

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *