Mensagem

As qualidades que Ele vê em si!

reputacao_bjfO que será mais fácil, ver as qualidades ou os defeitos de uma pessoa? Para o ser humano, com certeza que os defeitos… mas, e para Deus?

Vós sois o sal da terra… Vós sois a luz do mundo… Vós sois Meus amigos… existem expressões, ditas pelo Próprio Senhor Jesus que, por mais que nos meditemos, muitas vezes, não conseguimos totalmente compreender o seu objetivo. O que quereria, então, o Senhor Jesus dizer com estas comparações?

É inegável, o sal tem uma qualidade que nada pode substituir… e ser amigo de Deus? É um privilégio único, que, também, nada e nem ninguém poderá igualar. Por outras palavras, o que o Senhor Jesus queria dizer é que, cada um de nós tem uma ou várias qualidades que ninguém mais possui.

Porém, o Senhor Jesus também quis revelar com estas afirmações que, a par dessa grande qualidade de Fé, visão e comunhão com Deus que temos, também possuímos uma responsabilidade, que também ninguém tem!

Então, observe:

  • Quando o Senhor Jesus disse, “Vós sois a luz do mundo…”, também disse, para que “assim brilhe também a vossa luz diante dos homens…” (Mateus 5.14;16);
  • Quando o Senhor Jesus disse, “Vós sois o sal da terra…” (Mateus 5.13), também disse que era para dar sabor… e não é apenas a um pequeno grupo de pessoas, mas de forma global!
  • E, quando o Senhor Jesus disse “Vós sois Meus amigos…”, estava a imputar-nos a responsabilidade única de ir em busca daqueles que são Seus inimigos, tal como cada um de nós um dia o foi, quando ainda éramos meras criaturas, distantes de Deus… porém, quando nos libertámos, convertemos e fomos Batizados com o Espírito Santo, saímos do estado de criaturas para filhos, tornando-nos, então, amigos de Deus.

Ou seja, ao mesmo tempo que o Senhor Jesus nos revela a qualidade que temos, também nos revela a grande responsabilidade que a mesma acarreta! É por isso que muitos dos que se perderam, tinham apenas uma única explicação para o efeito: abandonaram o seu objetivo primordial, que era a Salvação… e não apenas a sua, mas, também, a dos outros! Pois, quando temos este dois grandes objetivos em vista: SOMOS A LUZ… SOMOS O SAL… SOMOS AMIGOS DE CRISTO!

Como luz do mundo, temos a direção, a inspiração e a revelação… Como sal, temos tudo aquilo de que precisamos, temos sabor. Porém, exatamente por sermos o sal, temos que ter a consciência de que o mesmo serve para dar sabor a quem dele necessita, ao mundo e, neste processo, temos também que ter a consciência, de que ainda que mais ninguém queira ser nosso amigo (e que o mundo seja nosso inimigo), temos o mais importante: somos amigos de Jesus Cristo!

Bispo Júlio Freitas
juliofreitas.com

Deixe o seu comentário

Ou preencha o formulário abaixo.

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *