Mensagem

Como participar nos Domingos?

Tudo na vida que se deseja ver bem feito implica seguir um conjunto de passos predeterminados…

Durma mais cedo na véspera, para que possa ter uma noite descansada e, assim, acordar calmamente e em paz. Existem muitos motivos que lhe poderão fazer dormir tarde no sábado, como: ficar a ver televisão até de madrugada; conversar com amigos até altas horas da noite; ficar preso à leitura de um livro ou ficar na Internet até tarde.

Prepare-se: Faça a sua higiene pessoal; vista a sua melhor roupa; perfume-se, porque você marcou um encontro com a pessoa mais importa da sua vida. Não deixe nada ao acaso e nem descure a sua aparência, pois Jesus merece o nosso melhor e cada pormenor revela a nossa consideração para com Ele neste âmbito.

Tente não aborrecer-se com ninguém, se possível tente até não falar com ninguém, pois a primeira pessoa com quem você deve falar é o Senhor Jesus. Este conselho não é discriminatório, mas, se prestar atenção ao que o rodeia e ao que lhe dizem, poderá deparar-se com aquele familiar ou amigo que faz pouco da sua disposição em ir à Igreja e de se levantar cedo para isso. Por isso, não disperse as suas emoções ou perturbe o seu espírito com aborrecimentos desnecessários.

Faça uma oração assim que chegar ao salão do CdAE. A sua oração deverá exprimir a sua intenção de não pedir nada (cura, harmonia familiar, prosperidade) e sim visar apenas a apresentação da sua vida no Altar, ou seja, da maior oferta que poderá fazer a Deus.

Traga consigo a sua Bíblia e o hinário para que possa participar e acompanhar a reunião que está a decorrer. Estes são instrumentos fundamentais, pois, através da Bíblia poderá certificar-se do que está a ser lido e meditar de forma mais concreta. O hinário, por sua vez, permitir-lhe-á cantar os hinos de louvor seguindo a letra das canções.

Sente-se o mais próximo possível do Altar para não ter a sua atenção desviada, porque, quanto mais perto do Altar, menos “ruídos de fundo” afetarão a sua concentração e capacidade de envolvimento com o que está a ser feito no decorrer da reunião. A voz do pastor ou bispo está a ser dirigida apenas para si e é desta forma que deverá encarar a reunião, por isso, ignore tudo o que poderá estar a acontecer ao seu redor.

Mantenha-se sempre em espírito de oração e se alguém falar consigo diga, de forma delicada e educada, que está a tentar manter a sua atenção focada no encontro que está a decorrer. A reunião não é o momento para se manter conversações e sim para procurar a comunhão pretendida com Deus e tudo o que Lhe diz respeito.

Por seu servo em Cristo,
Bispo Júlio Freitas
bispojulio.com

Deixe o seu comentário

Ou preencha o formulário abaixo.


O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *