Mensagem

Covardes telespetadores

covarde_telespetadorTodos os dias, um pouco por todo o mundo, pessoas morrem como resultado de uma guerra ‘silenciosa’…

Milhares de civis sírios assassinados, atentados no Líbano, dezenas por todo o mundo todas as semanas e mais de uma centena de pessoas cuja vida foi bruscamente encurtada em Paris…

A pergunta que se coloca é: QUAL DEVE SER A NOSSA REAÇÃO COMO SEGUIDORES DE CRISTO? QUAL DEVE SER A NOSSA ATITUDE DIANTE DE TANTAS MORTES DIÁRIAS?

Apenas de telespectadores, leitores, ouvintes, tal como fomos das recentes más notícias? Com certeza que NÃO! A Igreja Primitiva, os primeiros cristãos sofreram e viram muitas coisas más acontecerem nas suas épocas, porém, eles não ficaram sentados, de braços cruzados, a assistir como meros telespectadores. Pelo contrário, eles fizeram a diferença e não foi pequena, foi tão grande e significativa que hoje, infelizmente, a Igreja atual não faz porque abre mão do que o Senhor Jesus lhe deu como ARMA para combater, desfazer as obras do diabo, os ataques dos demónios, que visam expandir o terror e a destruição do ser humano em todo o planeta.

Mas, que arma é esta?

A primeira Arma que o Senhor Jesus deu aos cristãos é a ORAÇÃO (1)! Hoje em dia, de dez orações que são feitas, é provável que as dez sejam voltadas para a própria pessoa. A oração de intercessão é inexistente! E, se não motivarmos as pessoas a orarem pela família ou pelo seu próximo, elas não oram, não têm essa iniciativa por si próprias. Isso não apenas é muito triste, é vergonhoso para quem se intitula cristão, filho de Deus e muito grave, um verdadeiro ataque terrorista, espiritualmente falando.

Ao mesmo tempo assistimos que, mesmo dentro da Igreja, as pessoas abrem mão da MEDITAÇÃO SOBRE A PALAVRA DE DEUS (2). Há pessoas que só leem a Bíblia quando vêm à Igreja, quando postamos no Facebook, no Blog… pois há pessoas que não se querem dar a esse “luxo”, pois, para quem não sabe, ter uma Bíblia e poder lê-la, é um verdadeiro luxo!

“… são os que ouvem a Palavra, mas os cuidados do mundo, a fascinação da riqueza e as demais ambições, concorrendo, sufocam a Palavra, ficando ela infrutífera.”

Marcos 4.18

Ou seja, estas pessoas têm a Palavra, o Nome de Jesus e a Fé, mas o cuidado do mundo, as fascinações, as riquezas ou as ambições, concorrendo entre si… sufocam a Palavra e acabam por sufocar a Missão mais importante que Deus nos confiou nesta Terra: SER UM VERDADEIRO CRISTÃO! Pois, cumprindo este papel com zelo e perfeição, você será um(a) excelente esposo/esposa, pai/mãe, filho/a, irmão/irmã, cidadão/cidadã. O problema surge quando as pessoas querem inverter os papéis, querendo, primeiro, ser reconhecidas como cidadãs de respeito, excelentes filhos, esposos ou irmãos… e só, no fim, cristãos… e é por isso que nada dá certo. E quando se vê um “frutinho”, é apenas um bom, contra centenas de podres!

E quando é que a Palavra de Deus se torna infrutífera?

Quando não há meditação, pois quando não se medita, não se pratica. Já quando meditamos, praticamos com eficácia, disciplina, perseverança e qualidade!

Os cristãos da Igreja Primitiva não tinham os satélites para evangelizar como hoje temos, não existia Internet, Rádios, Jornais, revistas ou Televisão. Não, eles não tinham à disposição o que temos hoje ao nosso alcance, porém, eles eram de oração fervorosa, de meditar nas Palavras do Senhor Jesus e praticá-Las.

O JEJUM (3) era uma prática que os santificava e preparava para vencer castas de demónios que só saem com jejum e oração! Nada tem a ver com boas intenções, inteligência, influência, persuasão, poder político ou económico: OU TEMOS AUTORIDADE OU NÃO TEMOS! Quer seja com Deus ou para submeter o diabo e seus demónios, é assim que vencemos o mal!

E quem tinha e perdeu esta autoridade?

Quem desprezou a oração, a meditação, a Palavra de Deus e o Poder do Jejum!

Igualmente, muitas pessoas não fazem caso do poder da EVANGELIZAÇÃO (4), atribuindo esta responsabilidade ao Bispo, ao Pastor, à Igreja, afirmando já ser suficiente darem os seus dízimos e ofertas. Porém, o Senhor Jesus, antes de ascender aos Céus, disse a todos…: “Ide por todo o mundo e pregai o Evangelho a toda a criatura!”. Ou seja, esta é a Responsabilidade de todo o verdadeiro cristão!

Porém, ainda existe uma 5ª arma, que é o poder do nosso TESTEMUNHO (5) não apenas de superação, cura, libertação ou prosperidade, realização sentimental… mas de caráter e Fé-consciente, de integridade, de lealdade, de santidade, obediência… pois Deus não exige perfeição de nós, mas, sim, Santidade!

Não se iluda, o seu testemunho tem poder sim, pois, constantemente estamos a observar os testemunhos uns dos outros! E muitos têm literalmente vacinado outras pessoas contra o Senhor Jesus, porque o seu caráter é mau, o seu testemunho é mau!

Mas, se você e eu fizermos uso destas 5 armas, recuperaremos a autoridade perdida e, então, finalmente seremos verdadeiros cristãos, combatendo o bom-combate, guardando a nossa Salvação e possibilitando a outros serem Salvos!

Deus é contigo e nós também!

Bjf

Deixe o seu comentário

Ou preencha o formulário abaixo.

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *