Mensagem

Deus protege os fiéis

Porque é que Deus quer que Lhe sejamos fiéis? E porque é Ele quer que você seja um homem fiel à sua esposa, um pai fiel aos seus filhos e que os eduque, respeite e crie de forma decente e adequada? Porque é que Deus quer que Lhe sejamos fiéis no nosso trabalho, sendo honestos e diligentes naquilo que fazemos? Você nunca se perguntou porque é que Deus quer que você Lhe seja fiel nos seus dízimos? Não foi Ele mesmo que disse que se precisasse de algo não nos pediria a nós, porque fomos criados por Ele? Então, porque é que Deus pede também as nossas ofertas de fé? Se Ele mesmo disse “meu é o ouro e a prata” e tudo o que há no universo a Ele pertence.

Qual é o objectivo de Deus em encontrar em nós fidelidade? Ele deixa claro na sua Palavra que a opção da pessoa em não ser fiel determina a destruição e o fracasso na sua vida, motivo pelo qual Deus estabelece que Lhe sejamos fiéis para que haja a Sua protecção. Protecção esta que só pode estar com aqueles que são fiéis a Ele em tudo e muitas pessoas são fiéis, mas não em tudo, não são fiéis nos seus dízimos, nas suas orações, nos propósitos de fé, nas suas ofertas e na prática da Sua Palavra. Pois, quando você e eu somos fiéis a Deus em tudo, então, temos a Sua protecção. Por exemplo, Ele convida-nos a trazer os dízimos e as ofertas, a fazer uma prova com Ele, justamente para nos proteger, mas de quem? De uma força negativa a que Ele chama de devorador, que devora o que é bom – desde a saúde, até à paz e à alegria – que destrói tudo aquilo que você conquistou com esforço, dedicação, integridade e diligência, tal como a sua família, a sua saúde, o seu casamento, a sua empresa, os seus bens…

Quando você afirmar que é de Deus, também deve afirmar que Lhe é fiel e se Lhe é fiel, a sua protecção tem que ficar em evidência, porque foi Ele que prometeu dar sabor à vida daqueles que Lhe são fiéis, afinal, é isso que está escrito no Livro de Provérbios.

A bênção do Senhor enriquece e Ele quer que você seja rico, não apenas economicamente, porque existem muitas pessoas ricas economicamente, mas pobres emocionalmente, porque não são realizadas sentimentalmente; já outros são ricos economicamente, mas têm a família destruída, ou são doentes e desequilibrados, sofrendo com depressão, nervosismo, desejo de suicídio… enfim, são pessoas que são capazes de fazer qualquer coisa para alcançarem os seus objectivos. A Sua bênção traz-lhe uma consciência tranquila, paz, motivação, vigor, saúde, inspiração e um carácter equilibrado, no qual os seus filhos e a sua esposa podem espelhar-se e a Sociedade, os seus clientes e os seus vizinhos podem vê-lo como uma referência, como um homem ou uma mulher de Deus, e não como um fanático, um religioso, um sectário ou um incrédulo qualquer. Todos vão vê-lo como um exemplo a seguir, mas, para isso é necessário que você e eu Lhe sejamos fiéis, porque existem pessoas que são fiéis a Deus na Igreja, mas em casa ou no trabalho não o são. No entanto, Deus quer que Lhe sejamos fiéis todos os dias, em qualquer lugar e em qualquer circunstância, mesmo sendo perseguidos, criticados, insultados e ameaçados. Devemos ser firmes e fiéis, porque quem se corrompe, se vende ou deserta são os infiéis.

Mas, quais são as características de uma pessoa rica economicamente? Esta é despreocupada, tem segurança porque se apoia nos bens que tem e não se preocupa com o dia de amanhã, não tem ansiedade, vivendo o agora, porque o que tem é bastante e suficiente. E Deus quer que você seja rico, seguro e que não tenha medo da morte. E porque é que não devo temer a morte? Porque o seu nome está escrito no livro da vida, você vive para Cristo e sabe qual é o destino que tem a sua alma, a qual já foi comprada, redimida e salva.

Você tem que se valorizar como cristão, como filho de Deus e como Seu fiel, afinal, a bênção do Senhor enriquece e esta não traz desgosto. Então, se eu não tenho a bênção de Deus é porque me está a faltar fé? Não, a fé não lhe falta, por isso, está na Igreja, o que lhe falta é a fidelidade e quando uma pessoa é infiel não tem como receber a bênção de Deus, tudo passa a ser pobre e nada tem gosto.

Ser fiel a Deus é ser-Lhe fiel em tudo, sendo verdadeiro, um bom marido, um pai presente, mas sendo também fiel nos dízimos, não duvidando das Suas promessas, nem da sinceridade nem dos objectivos dos Seus servos, porque o nosso objectivo é que você seja salvo, livre e, através de si, a sua família e tantos outros O venham a conhecer.

E neste mês de Agosto o que é que acontece na Europa? E qual é a época de maior desgosto para os pais? É nesta altura que os filhos se contaminam com doenças, como a SIDA e outras de origem venérea, que há mais assassinatos, que os hospitais e as prisões estão mais cheios, que mais se trai a/o companheira/o, que existem mais brigas entre pais e filhos e irmãos… Isto é algo que ocorre durante o ano todo, mas que neste mês apresenta um índice de desgraça maior e em que o desgosto aumenta, mas este só aumenta na vida de quem é infiel, pois, quem é fiel a Deus tem a Sua protecção. A bênção de Deus dá gosto e é isso que vai acontecer no mês de Agosto, visto que, no primeiro dia do mês, iremos inaugurar a Catedral da Fé, no Porto, e iremos consagrar os fiéis.

BISPO_MENSAGENS

Por seu servo em Cristo,
Bispo Júlio Freitas
bispojulio.com

Deixe o seu comentário

Ou preencha o formulário abaixo.

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Sem comentários

fernandafonseca Responder 2 Agosto, 2010 às 1:13

1 de agosto vai ficar marcado parasenpre foi muito bom

Regina Idelmar Uchoa Jorge Responder 19 Agosto, 2010 às 14:35

Com certeza Deus proteje os fiéis,eu creio tb.dá o livramento de muitas coisas ruins,eu sou testemunha viva disso,temos que ser fiél a DEUS nos momentos bons e no deserto tb.que a vitoria com certeza é nossa desejo que todo povo de DEUS continuem na fÈEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEE amém.

miriam Responder 28 Agosto, 2010 às 21:51

UM ESPETÁCULO ESTA RÁDIO!!!!!!!! MUITA BENÇÃO COM ESTES LOUVORES….