Mensagem

Ela torna-nos capazes de tudo?

Existe algo, em você e em mim, que nos torna capazes, não de algumas coisas, mas de, ABSOLUTAMENTE TUDO! Que coisa será esta?forte

Será que é a Fé? O Sacrifício? Não… está a faltar uma coisa, pois a resposta está na junção destas duas palavras: FÉ-SACRIFICIAL! E que Fé é esta? É a Fé-Viva, pois a Fé sem obras é morta! Inclusivamente, o Senhor Jesus chegou de referir que até o próprio diabo tem fé…

Mas, que tipo de fé será a sua? Religiosa? Tradicional? Acomodada? Sectária? Cega? Sentimental? Teológica? Não, deverá ser a Fé de Abraão, a Fé-Viva! Abraão tornou-se amigo de Deus, porque manifestou a Fé-Sacrificial.

Todas as vezes que Deus lhe aparecia, ele levantava um Altar e ali Sacrificava. E quando Deus não lhe aparecia, ele levantava um Altar, Sacrificava, Deus aparecia-lhe e o extraordinário acontecia!

Todos os homens e mulheres de Deus manifestaram a Fé-Sacrificial e é essa mesma Fé que nos torna capazes de vencer e superar absolutamente tudo: seja os nossos sentimentos, fraquezas, problemas, tentações, perseguições, por outras palavras, seja os problemas pessoais, externos ou espirituais.

A manifestação do Poder de Deus na sua vida, não depende de terceiros, e sim do uso do poder que você já tem. Você só vê os problemas, as suas limitações, as suas falhas, deceções, mas esquece-se que tem uma Fé e, se a usar de forma Sacrificial, materializá-la de forma Extraordinária (refiro-me a obras, atitudes, renúncia, entrega, sacrifício, dor, obediência, perseverança…), torna-se capaz de vencer, de SUPERAR ABSOLUTAMENTE TUDO!

E o mais maravilhoso é que tanto eu como você temos esta Fé! Então, a pergunta que se coloca não é “Se Deus pode…” e sim se você vai Sacrificar, se vai materializar a sua Fé por meio do seu Sacrifício-voluntário, porque, se você o fizer, a sua situação de vida irá mudar!

Infelizmente, na sociedade em que vivemos, queremos tudo na mão e “para ontem”. Porém, com Deus não é assim! Então, se você crê, tem que “correr atrás”, tem que “fazer”, materializar a própria Fé, porque “tudo é possível àquele que crê!”. E aonde chega o nosso limite, aonde você já não pode mais, Deus dá continuidade a partir daí, porque aí Ele chega!

Então, enquanto você não atingir os seus limites fazendo o extraordinário, não conte com Deus, não espere a Intervenção Divina, porque Deus só age quando você e eu atingimos o nosso limite! E que limite é este? É o limite do esforço, da obediência, da entrega, da sinceridade… e, então, você pode esperar, porque Deus vai chegar e fazer o que você e eu não pudemos.

Continua na sexta-feira…

Bispo Júlio Freitas
juliofreitas.com

Deixe o seu comentário

Ou preencha o formulário abaixo.

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *