Mensagem

Emprestada ou Revelada?

bibliaGostemos ou não de o fazer, ao longo da nossa vida pedimos, em algumas ocasiões, coisas emprestadas porque, naquele preciso momento, não possuímos meios ou capacidades de as obtermos de outra forma…

Dinheiro, carro, casa, roupa, calçado… quase tudo se empresta hoje em dia, pois nunca sabemos quando surgem as necessidades e por isso temos que fazer uso daquilo que temos e do que não temos…

E, quanto à Fé? Como funciona? Se você não a tem, será que é possível “pedir emprestado”? Pode parecer mentira, mas na verdade, sim, você pode? Mas como? Antes de dizer “como fazer”, irei exemplificar “como acontece”:

Imagine uma pessoa que, pela primeira vez, atravessa as portas de uma Igreja Universal.

Ela vem porque foi convidada… porque viu a programação da rádio ou televisão… porque já foi a todo o lado, está desiludida com as religiões, Igrejas…, desesperada e não sabe a quem mais recorrer… porque tem um vício, está desempregada, endividada, abandonada, o seu filho doente… a sua família está à beira da rutura… a sua esposa ou seu marido quer sair de casa…

No meio de tudo isso, como estará a sua Fé? Forte? Robusta? Indestrutível? Ou fragilizada? Duvidosa? Quase nula?

É difícil para o ser humano manter a sua Fé viva e sem sombra de dúvida quando tudo à sua volta parece desmoronar, especialmente se ele nunca fez uso da sua Fé Sobrenatural… é, então, que surge a “Fé emprestada”!

A “Fé emprestada” serve, precisamente, para Alcançar milagres, livramentos… ou seja, aqueles que não foram ainda Batizados com o Espírito de Deus e, portanto, não têm uma “Fé-Revelada”, estes têm de recorrer à emprestada. E são estas as pessoas que, mal chegam à Igreja, veem os milagres acontecer nas suas vidas. Elas usam a Fé veiculada pelo Pastor, pelo Obreiro por quem foram atendidos, pela pessoa que os convidou…

Por exemplo: Caím, Esaú, os irmãos de José, Saul, os 9 leprosos, Judas, Marta… todos tinham uma “Fé emprestada”, por isso, quando acabou a sua “validade”, acabaram também as suas convicções, esperança, segurança… pois a “Fé emprestada” não é para sempre, mas apenas por um curto espaço de tempo.

Já a “Fé Revelada”, ela tem a sua própria Fonte, possui vida própria, como aconteceu com Abel, Jacó, Davi, José, o leproso que voltou, os 11 que permaneceram até ao fim juntos, Maria… todos estes tinham a “Fé Revelada”!

A “Fé Revelada” nos faz ver aquilo que devemos ser e oferecer, ela tem raiz no Espírito de Deus, porém, a emprestada só visa os benefícios que vai receber, ela é egoísta e, cedo ou tarde, acaba por desaparecer.

Qual tem sido a sua Fé: Emprestada ou Revelada?

Deus é contigo e eu também

Bjf

Deixe o seu comentário

Ou preencha o formulário abaixo.


O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

1 comentário

Laura Gois Responder 21 Maio, 2016 às 1:06

A fé revelada é essencial para mantermos nossa vida com Deus. Isso devido ao fato de que ela é que nos ensina a combater o bom combate e guardar a fé. Porém, o contrário acontece quando vivemos uma fé emprestada, pois está não é suficiente para nos mantermos de pé em meios as lutas.