Mensagem

Eu sou importante

Quem foi que nos deu o desejo de servir a Deus? Quem colocou este fogo dentro de nós, que exige atitudes, decisões e serviço a Ele? A Sociedade, a Igreja, o Homem ou o diabo? Somente uma pessoa alimenta este desejo de querer servir a Deus, o próprio Espírito Santo. Ele instrui, motiva e desperta em nós o desejo de O servir.

Todo o ser humano tem limitações e é justamente nessas limitações que o mal se tenta aproveitar para o/a tentar impedir de servir a Deus. Alguém dirá: “Bispo, e caso eu não seja baptizado com o Espírito Santo ou não tenha tido um encontro real com Deus?” Independentemente disso, o Espírito Santo já está a agir em si. E o agir do Espírito Santo dentro de si irá provocar arrependimento, santificação, dedicação, perseverança, humildade, submissão e o desejo sincero de servir a Deus para a Sua glória.

No livro de Isaías, no capítulo 42, nos versículos 5 e 6, é dito o seguinte: ”Assim diz Deus, o SENHOR, que criou os céus e os estendeu, formou a terra e a tudo quanto produz; que dá fôlego de vida ao povo que nela está e o espírito aos que andam nela. Eu, o SENHOR, te chamei em justiça, tomar-te-ei pela mão, e te guardarei, e te farei mediador da aliança com o povo e luz para os gentios”. Daqui podemos concluir que para Deus não existem russos, italianos, portugueses, franceses, espanhóis ou alemães, não existem nações, mas sim, o Criador, o planeta terra e os seus habitantes.

Todos nós temos o fôlego da vida, que é o Espírito do ser humano, e este é dado com o objectivo de O servirmos e de apresentarmos a nossa vida como oferta viva no Seu altar. E quando Deus refere – “Eu, o Senhor te chamei em justiça” – significa que está a dar a oportunidade da pessoa ser livre. Pois, é uma injustiça o ser humano ser doente, perturbado, deprimido e vazio, porque nós fomos criados à imagem e semelhança de Deus, para sermos o templo do Seu Espírito. E Deus quer fazer justiça, para que, através da sua vida, os seus familiares, amigos, companheiros de trabalho e até os seus inimigos possam ver que você foi chamado para a Justiça.

Deus referiu ainda que nos iria buscar pela mão. E qual foi a última vez que você andou de mãos dadas com o seu pai? Alegre o seu coração, porque o nosso Pai celestial, que é perfeito, disse que aquele que está em Suas mãos o diabo ou o Mundo não arrebatarão. Deus falou ainda: “(…) e te farei mediador da aliança com o povo e luz para os gentios” (Is 42.6). O Senhor quer que sejamos mediadores entre Ele e o povo.

Todo o ser humano é composto por corpo, alma e espírito. O corpo precisa de alimentação, exercício e descanso; a alma de amor e o espírito da comunhão com Deus. O diabo, ao saber destas necessidades, tenta desviar a atenção dos filhos de Deus. Desta forma, não há ação, libertação, conversão e novo nascimento, porque a letra mata, mas o espírito vivifica. A pessoa não consegue viver o que está escrito, o vazio vai aumentando e as perguntas vão surgindo, provocadas pelo próprio diabo: “aonde está Deus?”. Ele começa a usar a própria Palavra de Deus para a acusar. Mas Deus só faz a Sua parte depois de você se dispor a ser mediador. Você é mediador quando evangeliza, realiza a imposição de mãos, exorta, desafia e, olhos nos olhos, diz: “O meu Deus é o Deus do fogo, que vai fazer agora o que não aconteceu até este momento, porque as leis e os governadores falham, mas Deus e a Sua palavra não falham”.

Deus quer que você seja o intermediário para despertar na pessoa o desejo de fazer uma aliança com Ele. Deus diz: “vou perdoar-te e apagar o teu passado, a infância e a adolescência marcadas por traumas e complexos, aceitas?”. Não temos nada a perder, somente o que não presta, porque vamos ter um novo coração, uma mente renovada, um corpo saudável e uma família unida. Em suma, Deus referiu: “para abrires os olhos aos cegos, para tirares da prisão o cativo e do cárcere, os que jazem em trevas” (Is 42.7). Ou seja, eu tenho luz, paz e equilíbrio emocional, entendo o meu presente, mas reconheço o meu passado, e creio no meu futuro. Deus quer contar consigo para fazer acontecer o que até então não aconteceu!

Por seu servo em Cristo,
Bispo Júlio Freitas
bispojulio.com

Deixe o seu comentário

Ou preencha o formulário abaixo.

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Sem comentários

luciano coelho Responder 28 Setembro, 2010 às 19:54

Muito bom mesmo esses textos de fé. E ajuda muito a nos seguirmos em frente e olhar para as promessas de Deus e também nos dar muito confiança para desafiar a a crise…
Que Deus venha tocar em todas as pessoas que lerem como tocou em mim….
Obrigado Jesus

Serva Responder 29 Setembro, 2010 às 12:30

Bom dia. É verdade “Eu sou importante”. Obrigado. Deus ilumine o sr. a cada dia mais.

Sara Responder 29 Setembro, 2010 às 20:35

Amén!!Eis-me-aqui,Deus.
Maravilhosa esta msg: