Mensagem

Famosos… fracassados

famososMuitos deles, nem sequer fazemos ideia qual o motivo porque são conhecidos… apenas aparecem em capas de revista, em jornais, na tv, fala-se deles… pelo que fazem e pelo que não fazem…

“Um dia, todos terão direito aos seus 15 minutos de fama!”… Andy Warhol, quando disse esta (agora) tão famosa frase, não fazia ideia do impacto que a mesma teria na sociedade atual. Porém, já nessa altura se assistia a uma sede incontrolável de se ser famoso, apenas “porque sim…”

E foi assim que nasceu a fama instantânea… mas, quais são as suas características?

  • Acontece de um momento para o outro;
  • O seu motivo não é o mais importante, apenas a sua finalidade conta: a fama pela fama;
  • Quem se tornou famoso desta maneira, embora possa ter alcançado a riqueza, na verdade, não se sente verdadeiramente realizado, enfrentando a crítica constante e estando sujeito ao escrutínio da opinião pública:

Madonna (não dá certo com ninguém); Charlie Sheen (diagnosticado com o vírus HIV); Ben Affleck (traiu a mulher com a babysitter); Jennifer Garner (mulher traída e publicamente humilhada); Lindsay Lohan (viciada em drogas e álcool); Britney Spears (colapso público, não dá certo com ninguém); Kim Kardashian (tornou-se famosa por causa de um vídeo de sexo); Justin Bieber (fora de controlo, acusado por agressão, vida sentimental destruída); José Carlos Pereira (vícios de álcool e drogas)… seja nacionais ou internacionais, do meio artístico, literário, desportivo ou político, ser-se conhecido é mais do que “ossos do ofício” e sim uma sede insaciável.

Cada vez mais, devido a um escândalo, a um programa televisivo, a um vídeo de sexo, muitas pessoas anónimas têm vindo a ganhar notoriedade de forma repentina. Mas, assim como a fama vem, elas, muitas vezes, voltam ao anonimato da mesma maneira que saíram dele.

A relação do público com os famosos sempre foi de uma certa idolatria, admiração e de também vontade e necessidade pessoal de obter o mesmo reconhecimento, pois, só assim, pensam eles, serão verdadeiramente felizes.

Mas, observe como é, de facto, a vida destes famosos fracassados…

Hiper-sentimentais, bipolares, depressivos, agressivos, viciados em drogas, álcool e muitos até em sexo, endividados (pois pensavam que o dinheiro nunca acabaria), doentes (muitos em situação terminal), mulherengos e se não estão divorciados, estão à beira da separação ou a trair o seu cônjuge…

Tanto os vivos como muitos dos que já faleceram, estavam na miséria, morreram de sida, de cancro derivado ao tabaco, de cirrose… outros até se mataram, vítimas da sua própria fama.

Amigo leitor, agora você sabe, que estar constantemente nos média e aparecer nas capas de revista, na internet, está longe de significar sucesso… porém, a realidade é que vivemos numa era em que as redes sociais vieram mudar a forma como os fãs se relacionam com as celebridades. É como se metade do mundo vivesse obcecado pela outra metade, pois têm todas as ferramentas para saber tudo sobre a vida da pessoa, porque, com o Instagram e o Twitter, podem literalmente ser parte da vida delas.

Vivemos numa sociedade mediática e imediata, onde os valores, os princípios e as prioridades estão trocadas. A fama é igual a sucesso e o anonimato equivale a fracasso… todavia, é no anónimo pai de família, que sai todos os dias para trabalhar… na jovem recém-formada que envia currículos à procura da primeira oportunidade… na mãe solteira que todos os dias luta para sustentar os seus filhos, Membros do Centro de Ajuda que constantemente evangelizam por meio do seu caráter ilibado e vida, que devem estar as suas referências, pois estes, sim, são os verdadeiros heróis. Os ilustres desconhecidos cujo sucesso e a sua luta é autêntica e nada tem a ver com uma imagem falsamente projetada, já que esta esconde o fracasso na sua forma mais sórdida e infeliz, na fama. Não se esqueça, nem todos os famosos são de sucesso… como também, nem todos os desconhecidos são fracassados.

Deus é contigo e eu também

Bjf

Deixe o seu comentário

Ou preencha o formulário abaixo.

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *