Mensagem

Fé embriagada

embriagado_cdaMuitas vezes, associamos sobriedade à moderação relativamente ao consumo de bebida ou comida… mas, e quando se trata da nossa própria Fé? Será que ela também poderá ficar “embriagada?”

“SOBRIEDADE”… Numa das mais fortes e diretas orientações de Deus, na Sua Palavra, Ele aconselha-nos a ser “sóbrios”. Mas, por quê, qual o significado desta palavra?

“Sede sóbrios e vigilantes. O diabo, vosso adversário, anda em derredor, como leão que ruge procurando alguém para devorar; resisti-lhe firmes na fé, certos de que sofrimentos iguais aos vossos estão-se cumprindo na vossa irmandade espalhada pelo mundo.”

1 Pedro 5.8-9

Os sentimentos, as emoções, as deceções, os problemas, a ansiedade… é ponto assente que estas são as fontes que embriagam a alma humana. E o que acontece com uma pessoa embriagada? Ela não consegue dar um passo à frente do outro.

E é precisamente isso que Deus está a dizer: que quando estamos embriagados, perdemos o equilíbrio e não conseguimos avançar, por mais capacitados que sejamos, por mais condições que tenhamos e por melhores que sejam as nossas intenções!

O “vinho” deste mundo embriaga a Fé, o nosso entendimento, a nossa alma, independentemente da nossa idade, título ou até mesmo do tamanho da nossa Fé. E observe que esta orientação foi dada aos que eram da Fé, por isso, SERVE PARA TODOS!

“Sede sóbrios e vigilantes…”
Porém, não basta ser “SÓBRIO”, também devemos estar “VIGILANTES” e não ao que os outros fazem e sim a nós mesmos! Quais são os seus pensamentos, palavras ou atitudes? Como é que você reage às tentações, aos problemas, às oportunidades, aos ataques e aos louvores?

Há pessoas que se defendem muito bem quando são atacadas, mas muito mal quando são exaltadas. Elas enchem o peito e tentam roubar a Glória de Deus, como se algum de nós fossemos algo. Por isso, temos que estar vigilantes, porque, caso contrário, ficaremos embriagados, perderemos o equilíbrio e não avançaremos, mesmo tendo Fé, crendo e sendo de Deus (mais uma vez, não se esqueça, esta mensagem foi dirigida aos de Deus).

Mas, qual o verdadeiro motivo de nos policiarmos, de sermos sóbrios e vigilantes? Porque o diabo, que um dia esteve dentro de muitos de nós, mas que, entretanto foi expulso porque conhecemos a Verdade, continua à espreita… à procura de uma oportunidade de regressar.

Bispo Júlio Freitas
juliofreitas.com

Deixe o seu comentário

Ou preencha o formulário abaixo.

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *