Mensagem

Muralhas, Brechas e Portas

O ser humano, dotado de corpo, alma e espírito, é uma criatura bastante complexa. Como tal, existem necessidades e problemas que estão associados às diferentes áreas e cuja RECONSTRUÇÃO depende única e exclusivamente de cada pessoa muralhas

Observe esta realidade, presente em Neemias 6.1:

“Tendo ouvido Sambalate, (Sambalate, nesta passagem, simboliza a zombaria, e esta combate-se com a REVOLTA). Tobias, (Já Tobias simboliza as ameaças, e estas combatem-se com a CORAGEM em obedecer a Deus). Gesém, (Por fim, Gesém simboliza a acusação, e esta combate-se com a PERSEVERANÇA na prática da Palavra de Deus), o arábio, e o resto dos nossos inimigos que eu tinha edificado o muro (Ou seja, não podemos apenas reconstruir as muralhas da nossa vida, que é resolver problemas, sejam eles de extrema gravidade ou não… temos que ir além).

e que nele já não havia brecha nenhuma, (É extremamente necessário que fechemos as brechas que são os erros, pecados ou falhas, que devem ser fechados, confessados e abandonados… mas também não podemos parar por aí, temos que ir além).

ainda que até este tempo não tinha posto as portas nos portais (Estas portas dos portais representam a Salvação, Avivamento, Maturidade Espiritual, Comunhão com Deus… mas, temos que ir além).

6.2 Sambalate e Gesém mandaram dizer-me: Vem, encontremo-nos, nas aldeias, no vale de Ono. Porém intentavam fazer-me mal. (Vendo o mal que não podia impedir a Neemias de reconstruir as muralhas, agora tentavam tirá-lo de Jerusalém para poderem matá-lo. Assim também age o mal nos nossos dias. Não conseguindo impedir as pessoas de lutarem com revolta, coragem e perseverança em favor da reconstrução das suas vidas, eles, os demónios, tentam tirar as pessoas do Centro de Ajuda para que as possam, então, matar espiritualmente, como já fizeram como milhares que, infelizmente, não observaram a estratégia do diabo e a necessidade de fechar as brechas e pôr as portas nos portais).

6.3 Enviei-lhes mensageiros a dizer: Estou fazendo grande obra, (A Obra de Deus nas nossas vidas tem que ser completa, Ele não quer que tenhamos apenas RISOS (Bênçãos), ELE quer que tenhamos JÚBILO (Alegria da Salvação) – Alegria extrema, realização completa, por isso não vamos parar, baixar a guarda, mas, continuar com a pedra – SENHOR JESUS e espada – FÉ nas mãos).

de modo que não poderei descer; (Nós não podemos descer nesta vida, não podemos deitar tudo a perder, quando somos tentados temos que resistir, quando nos sugerem o que é mau, temos que contrariar tais maldades, não podemos descer à sujeira, às ruínas das quais saímos, não podemos sair de Jerusalém – Centro de Ajuda).

por que cessaria a obra, enquanto eu a deixasse e fosse ter convosco?” (O mal e os seus filhos querem distrair-nos, fazer-nos desviar os olhos do nosso objetivo – JESUS; por isso faz de tudo, inclusive por intermédio de religiões e seitas, para que venhamos a sucumbir nesta vida. Quem quer o nosso bem não nos pede para sair do Centro de Ajuda, pelo contrário, quer que permaneçamos firmes e fortes, pois reconhece das ruínas que saímos. Mas quem quer o nosso mal, insiste em querer que saiamos. Agora, você já sabe!)

 

Bispo Júlio Freitas
juliofreitas.com

Deixe o seu comentário

Ou preencha o formulário abaixo.

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *