Mensagem

Nunca seja menos que 100% (5)

10, 20, 30, 40 ou 50%… as vidas de milhões de pessoas nunca ultrapassaram esta fasquia e, de facto, estes valores têm sido os suficientes para os manter “felizes”, pois esta é a “felicidade” que sempre conheceram…

Este manual já ajudou milhões de pessoas, por isso, espero que também para si venha a ser de grande utilidade. Estaremos publicando um capítulo por dia.

Entre em 2012 com a consciência de que a sua vida pode e deve ser 100% em todas as áreas.


Amor

Criar expectativas irreais é o motivo por que muitos falham redondamente na realização amorosa.

Conheça os passos para ser 100% no amor e siga-os. Na vida de todas as pessoas nada mais é importante que o amor, que é a base de tudo e de todos. Quando amamos algo ou alguém mantemos o equilíbrio interior.

“Respondeu Jesus: O principal é: Ouve, ó Israel, o Senhor, nosso Deus, é o único Senhor. Amarás, pois, o Senhor, teu Deus, de todo o teu coração, de toda a tua alma, de todo o teu entendimento e de toda a tua força. O segundo é: Amarás a teu próximo como a ti mesmo” (Marcos 12.29-31). Não existem mandamentos superiores a estes. Desta feita, o amor é a primeira e a segunda coisa mais importante para Deus, pois está no âmago de dois dos Seus mais importantes mandamentos. Contudo, tem sido exactamente o amor um dos sentimentos mais negados ao próximo na sociedade actual.

Cultive o amor na sua vida seguindo os passos que lhe deixamos:

  • Aprenda a amar-se a si próprio , como a nenhum outro, assim sendo, amará sem restrições, quem o cerca.
  • Pare de fazer o que não gosta só para agradar a pessoas que não o valorizam. Não seja tolo, ame-se, seja mais amoroso consigo mesmo, não se violente fazendo o que não gosta. Permita-se dizer não!
  • Acredite sempre no amor. Não fomos feitos para a solidão. “Disse mais o Senhor Deus: não é bom que o homem esteja só; far-lhe-ei uma auxiliadora que lhe seja idónea” (Génesis 2.18).
  • O amor é um jogo cooperativo. Se vocês estão juntos é para jogar na mesma equipa.
  • Não permaneça junto de quem não o(a) merece. Alimentar relações que só trazem sofrimento é masoquismo.
  • Aceite o ritmo do amor. Assim como ninguém vai empolgadíssimo todos os dias para o trabalho, ninguém está sempre no auge da paixão. Cobrar de si e do outro viver nas nuvens é o início de muita frustração.
  • Participe na Terapia do Amor. para obter conselhos práticos para a sua vida sentimental.

Ninguém nos engana nesta vida. Somos nós mesmos que nos enganamos. Criamos expectativas irreais quanto às pessoas e decepcionamo-nos quando elas não correspondem ao que desejamos. Aprenda a ver as pessoas como elas são e a aceitá-las e respeitá-las dessa maneira.

Leia a mais bela descrição do Amor:

“O amor é paciente, é benigno; o amor não arde em ciúmes, não se ufana, não se ensoberbece, não se conduz inconvenientemente, não procura os seus interesses, não se exaspera, não se ressente do mal; não se alegra com a injustiça, mas regozija-se com a verdade; tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta. O amor jamais acaba…”
(1 Coríntios 13:4-8)

Cultivar o amor é de extrema importância para uma vida 100%

Clique aqui para fazer download da revista Guia 100% em PDF.


{slide=Vida Profissional}

Aperfeiçoar e desenvolver o que se tem de melhor, são dois aspectos a considerar quando se trata da vida profissional. Não se “contente” com a sua!

Estude sempre e muito. A glória pertence àqueles que têm um trabalho especial para oferecer!

Na verdade, tenha como objectivo aperfeiçoar e desenvolver o que tem de melhor e aprimorar o que ainda não está bom, mas de maneira racional, este é o primeiro passo para se ser um bom profissional e ter uma carreira de sucesso. Os passos seguintes são uma consequência desta realidade!

  • Tenha ética profissional! Seja ético. A vitória que vale a pena é a que aumenta a sua dignidade e reafirma valores profundos. Pisar nos outros para subir desperta o desejo de vingança.
  • Seja grato a quem participa das suas conquistas. O verdadeiro campeão sabe que as vitórias são alimentadas pelo trabalho de equipa. Agradecer é a melhor maneira de deixar os outros motivados.
  • Eleve as suas expectativas. Pessoas com sonhos grandes obtêm energia para crescer. Os perdedores dizem: “isso não é para nós”. Os vencedores pensam em como realizar o seu objectivo.
  • Tenha metas claras. A história da Humanidade é cheia de vidas desperdiçadas: amores que não geram relações enriquecedoras, talentos que não levam carreiras ao sucesso, etc. Ter objectivos evita desperdícios de tempo, energia e dinheiro.
  • Amplie os seus relacionamentos profissionais. Os amigos são a melhor referência em crises e a melhor fonte de oportunidades na expansão. Ter bons contactos é essencial em momentos decisivos.
  • Participe no Congresso Financeiro e, se necessitar, tenha um orientador. Procure alguém de confiança, de preferência mais experiente e mais bem sucedido, para lhe orientar nas decisões, caso precise.
  • Celebre as vitórias. Compartilhe o sucesso, mesmo as pequenas conquistas, com pessoas queridas. Grite, chore, encha-se de energia para os desafios seguintes.
  • Seja um fiel dizimista e ofertante da casa de Deus, pois esta atitude revelará o seu nível de comprometimento com Ele e até que ponto estará disposto a ir para que a sua vida seja, de facto, 100%.
  • Um profissional a 100% está sempre apto a aprender. Esteja diariamente disponível para desenvolver o seu potencial a 100%.

Um mandamento de Deus:

Trazei todos os dízimos à casa do Tesouro, para que haja mantimento na minha casa; e provai-me nisto, diz o Senhor dos Exércitos, se eu não vos abrir as janelas do céu e não derramar sobre vós bênção sem medida” (Malaquias 3.10).

Participar no Congresso Financeiro de forma assídua e ser um dizimista fiel elevam a fasquia de um bom profissional para os 100%

{/slide}

{slide=Saúde}

Seguir algumas regras básicas é meio caminho andado para alcançar uma saúde 100%. Descubra se tem dedicado apenas uma parte de si à sua saúde! Ter a saúde a 100% é uma tarefa simples, desde que siga algumas regras básicas que, na verdade, constituem os conselhos de grande parte dos profissionais da Medicina. Por isso, para viver com saúde é preciso ter cuidado com todo o corpo, alimentar-se correctamente e manter-se activo fisicamente.

Abaixo segue uma série de regras habitualmente prescritas para termos boa saúde e evitarmos problemas nesta área:

  • Alimente-se de forma correcta e saudável (o seu prato deve ter 80 por cento de hortaliças e 20 cento de proteína animal).
  • Tente incluir peixe na sua ementa, duas a três vezes por semana.
  • Evite os doces, refrigerantes e fritos.
  • Beba água com frequência.
  • Respeite as horas de descanso (mínimo 8h por dia).
  • Em vez de café ou chá preto, beba três chávenas de chá verde por dia. O consumo regular de chá verde tem sido associado a uma redução significativa no risco de desenvolver cancro.
  • Abra espaço para excepções. O que importa é o que você faz numa base diária, não o deleite ocasional.
  • Pratique exercício físico.
  • Consulte o seu médico e siga as suas recomendações.
  • Participe nas reuniões da saúde e use a sua fé para conquistar a resolução dos problemas que impedem que a sua saúde esteja a 100%.

Cuide bem do seu corpo. Alimentação, sono e exercício são fundamentais para uma vida saudável. O seu corpo é o seu templo. Gostarmos de nós próprios deixa as portas abertas para os outros gostarem também.

E lembre-se:
“Certamente, ele tomou sobre si as nossas enfermidades e as nossas dores levou sobre si; e nós o reputávamos por aflito, ferido de Deus e oprimido.” (Isaías 53.4)

{/slide}


{slide=Equilíbrio Emocional}

Se pretendemos ser os arquitectos da nossa própria caminhada evolutiva é importante que cuidemos do nosso equilíbrio emocional.

Uma conversa, uma palestra ou uma simples leitura, dependendo do seu estado interior, podem ser motivo de enriquecimento ou de desarmonia para si…

Abaixo segue uma série de regras habitualmente prescritas para termos boa saúde e evitarmos problemas nesta área:

  • Não se desespere! Lide com as adversidades com a única “arma” eficaz para as superar: a fé! Na maioria das vezes, quando nos desesperamos perdemos a capacidade de raciocínio e tomamos atitudes que, em sã consciência, não tomaríamos.
  • Defina as suas metas, conquiste-as e deixe as preocupações para quem gosta de as cultivar.
  • Tenha uma vida espiritual activa. Participe nas reuniões de comunhão e busca do Espírito Santo. Conversar com Deus é de extrema importância, especialmente para agradecer. A oração e meditação são fontes de inspiração e produzem muita paz, harmonia e amor… sempre!
  • Ponha a sua fé em prática! Não uma crença baseada em dogmas religiosos ou doutrinas preconceituosas e tradicionalistas, mas sim a fé explosiva, a intensa e maravilhosa chama interior que nos permite possuir a herança divulgada pela Palavra de Deus.
  • Cultive a sua alma e as suas melhores qualidades. Seja feliz!

Se sua vida não está a 100%, faça melhor daqui para a frente!

“…eu vim para que tenham vida e a tenham em abundância” (João 10.10)

{/slide}


{slide=Família}

Com uma taxa de divórcio a 50%, o estado actual da família facilmente acompanha estas percentagens. Manter a família a 100% é uma prioridade!

Que proveito terá o homem, ou mulher, se ganharem o mundo inteiro, mas perderem as suas próprias famílias?

Com o divórcio a atingir uma taxa de 50%, a família que conhecemos no passado, ou melhor, aquela estabelecida por Deus, encontra-se realmente, entre as espécies ameaçadas de extinção.

Casamento e família não são ideais muito populares na sociedade contemporânea. A família, no entanto, foi criada por Deus, muito antes de Ele estabelecer qualquer outra instituição, antes mesmo da igreja.

Siga as dicas para estabelecer um lar 100% sólido, feliz e que honre a Deus:

  • “Perdoe”. O perdão é o acerto de contas do cristão. Perdoe sempre, mesmo quando tem razão. Nós perdoamos porque somos de Deus. Então, coloque um ponto final na história das mágoas e aprenda a perdoar as pequenas coisas do dia-a-dia. Lembre-se que todos nós erramos, por isso é nosso dever perdoar, para também sermos perdoados.
  • “Declare o seu amor!” Diga às pessoas da sua casa: “Eu amo-te”, em vez de palavras que revelem sofrimento ou cólera, como muitas vezes acontece. A família precisa de ser um ninho de amor. Quanto mais tempo gastamos a declarar o amor que temos, menos tempo teremos em casa para a murmuração, para palavras negativas, para reclamações. Cada vez que declara o amor em sua casa as coisas transformam- se pela força deste amor.
  • “Esteja presente!”. Às vezes não temos tempo para estarmos em família, sonhamos com as férias e o descanso para o fazer, porém, é no dia-a-dia e a qualidade de cada momento que nos fazem viver melhor uns com os outros.
  • Estimule o diálogo e a partilha.
  • Participe no encontro semanal direccionado para as famílias e convide a sua a participar, mas lembre-se de que os seus filhos ou o seu cônjuge não vão encontrar Deus na Igreja se não O encontrarem na sua casa, através do seu próprio exemplo!
  • Demonstre aceitação e apreciação a cada membro da família.
  • Cada membro da família deverá trabalhar para o benefício mútuo da família como um todo. Os filhos devem ter tarefas a serem cumpridas e a eles deve ser passado que o trabalho enobrece e traz realização; os cônjuges devem ajudar-se mutuamente para que nenhum dos dois se sinta sobrecarregado.

O perdão e a aceitação são essenciais para um lar 100% sólido.

“Crê no Senhor Jesus e serás salvo, tu e a tua casa.” (Actos 16.31)

{/slide}

Te vejo na IURD ou nas Nuvens!

Deixe o seu comentário

Ou preencha o formulário abaixo.


O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *