Mensagem

O que é necessário para se vencer qualquer inimigo?

RESPOSTA: Saber quais são as armas que ele usa contra nós. Correto? SIM!corda

Para vencer os inimigos precisamos de saber qual é a sua forma de atacar e as armas usadas. Mas, por que motivo? Para que possamos, pronta e eficazmente, defender-nos contra as suas investidas.

O Senhor Jesus Revelou aos Seus Discípulos e seguidores as diferentes formas de o diabo, os seus demónios e filhos agirem, atacarem os seres humanos, deixando, assim, claro que necessitamos de saber o que fazer para vencer os nossos inimigos.

Então, quais são as armas usadas pelos nossos inimigos para nos destruir?
Para saber a resposta, observe o que aconteceu após a destruição da Cidade de Jerusalém, que representa cada um de nós.

Neemias 2:

“17 Então, lhes disse: Estais vendo a miséria em que estamos, Jerusalém assolada, e as suas portas, queimadas; vinde, pois, reedifiquemos os muros de Jerusalém e deixemos de ser opróbrio.”


Observe que o mal não quer que o Povo de Deus veja, reconheça o seu estado de miséria espiritual, física, sentimental, espiritual, mas, sim, que olhe para o mesmo como algo normal, da Vontade Divina, o destino, ou algo comum para si e para os outros.
Para quem desconhece, é importante ressaltar o significado da palavra “opróbrio”: 1. afronta vergonhosa; 2. vexame, vergonha; 3. desonra

“18 E lhes declarei como a Boa Mão do meu Deus estivera comigo e também as palavras que o rei me falara. Então, disseram: Disponhamo-nos e edifiquemos. E fortaleceram as mãos para a boa obra.”

Não podemos ignorar o que Deus já fez nas nossas vidas, mas, também, tampouco podemos ignorar o que Ele Quer Fazer, no presente. Apesar de a Sua Mão ser Grande e Boa, só podemos ver a Sua Grandeza e Bondade por meio de uma fé assumida, sendo necessário a disposição para que haja construção e edificação, caso contrário, ficará apenas nos planos, nunca sairá do papel. Então, para que isso aconteça, temos que fortalecer as nossas mãos. E o que significa isso? Significa que temos que nos animar, motivar, pensar na recompensa e não nas dificuldades que enfrentaremos.

“19 Porém Sambalate, o horonita, e Tobias, o servo amonita, e Gesém, o arábio, quando o souberam, zombaram de nós, e nos desprezaram, e disseram: Que é isso que fazeis? Quereis rebelar-vos contra o rei?”

A primeira arma do mal contra os que são de Deus e estão dispostos a fazer o que for necessário para resolver os seus problemas e alcançar os seus objetivos é: ZOMBAR.
E o que significa zombar? Quer dizer: inferiorizar, humilhar, desprezar, desrespeitar. E é precisamente isso que o mal faz, para que você se convença de que:
– não pode;
– não tem capacidade;
– não tem condições;
– não tem experiência;
– não tem o apoio de ninguém;
– …

“20 Então, lhes respondi: o Deus dos Céus é Quem nos dará bom êxito; nós, Seus servos, nos disporemos e reedificaremos; vós, todavia, não tendes parte, nem direito, nem memorial em Jerusalém.”
Sempre que o mal lançar uma palavra de dúvida, morte ou confusão a nossa mente por meio de pensamentos ou palavras de alguém, devemos combatê-la de imediato com a Palavra de Deus.

Temos que lembrar-nos que quem nos dá a vitória é o Deus dos Céus, o Todo-Poderoso e não as nossas condições.
Lembrar ao mal e aos seus filhos que Deus nos dará bom êxito no que fazemos, pois o que fazemos, fazemo-lo com fé e coragem. Necessitamos de demostrar a quem servimos: se a Deus, se a nós mesmos ou se ao mal. Porém, sempre será necessário que você se DISPONHA para fazer o que tem que ser feito.

O mal usa a arma da zombaria para fazer-nos duvidar.
Deus usa a Sua Palavra para nos fazer crer e vencer!

Bispo Júlio Freitas
juliofreitas.com

Deixe o seu comentário

Ou preencha o formulário abaixo.

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *