Mensagem

O Temor ao Deus Vivo (Parte 2)

temoradeussO TEMOR está ligado à OBEDIÊNCIA, pois ter TEMOR é OBEDECER, quem sempre TEME é porque também sempre OBEDECE

Vejamos que nas sete manifestações do Espírito Santo, as primeiras seis de nada valem se não tivermos a sétima, que é o Espírito do TEMOR:

“Repousará sobre ele o:

  1. o Espírito do SENHOR,
  2. o Espírito de sabedoria,
  3. o Espírito de entendimento,
  4. o Espírito de conselho
  5. o Espírito de fortaleza,
  6. o Espírito de conhecimento
  7. o Espírito de temor do SENHOR.” (Isaías 11.2)

O TEMOR a Deus é algo tão forte e profundo que no versículo seguinte diz para nos deleitarmos no TEMOR do Senhor, e deleitar significa estar tranquilo, descansado e seguro:

“Deleitar-se-á no temor do SENHOR;…” (Isaías 11.3)

Quem se deleita no TEMOR do Senhor, aproveita e usufrui deste TEMOR, sentindo-se seguro e fortalecido, venha a tentação que vier e levante-se o que se levantar, a fim de nos tentar, fazer cair, o nosso TEMOR nos fará vencer e resistir a tudo isto. Quando temos o Espírito de TEMOR, estamos em paz connosco mesmo, estamos tranquilos e seguros e as investidas do diabo em querer nos derrubar, serão frustadas.

“… não julgará segundo a vista dos seus olhos, nem repreenderá segundo o ouvir dos seus ouvidos;” (Isaías 11.3)

Quem não tem TEMOR ou deixou de o ter, julgará a tudo e a todos com os seus próprios olhos, com a sua própria opinião e maneira errada de pensar.
A falta de TEMOR leva-nos a pecar por causa dos olhos, mas aquele que se mantém no TEMOR, terá sempre bons olhos, pois sabe que se os seus olhos forem bons, o seu corpo será luz, porém, se os seus olhos forem maus, o seu corpo será trevas.

Quem tem TEMOR tem bons olhos e quando é para repreender a alguém ou a si mesmo, não o fará segundo o que os seus ouvidos ouviram, mas com direção e diligência do Espírito do TEMOR. A Palavra de Deus também diz que quem é de Deus o diabo não toca:

“Aquele que nasceu de Deus o guarda, e o Maligno não lhe toca.” (1 João 5.18)

Quando o diabo consegue tocar num bispo, pastor, esposa, auxiliar, obreiros e obreiras, não é porque esta pessoa deixou de ser de Deus, mas é porque lhe faltou o TEMOR.
O Ministério de muitos que faziam a Obra de Deus foi destruído, não porque lhes faltou o Espírito do Senhor, a sabedoria, o entendimento, o conselho, a fortaleza e o conhecimento, mas a sua queda deu-se, exatamente, quando passou a faltar o TEMOR.

Nas coisas simples relacionadas a Deus, muitos deixam a desejar por causa da falta de TEMOR, e estas coisas simples são: orar, jejuar, ler e meditar na Bíblia, atender e acompanhar o povo, visitar e resgatar os afastados, servir com prazer, trabalhando nas reuniões da Igreja. Quem deixa tudo isso e passa a dar valor às coisas do mundo, é porque já não tem mais TEMOR.

Bispo Júlio Freitas
juliofreitas.com

Deixe o seu comentário

Ou preencha o formulário abaixo.

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *