Mensagem

Onde é que estão os seus?

A forma mais pura de ver a Arca da Aliança era, sem dúvida, ser capaz de entender o que a mesma significava…

Ela era a Presença do Próprio Deus entre os homens, e, por essa razão, Ele tinha escolhido que a mesma fosse feita de Madeira de Acácia (ser humano) e revestida de Ouro (Deus).

Também farão uma arca de madeira de acácia; o seu comprimento será de dois côvados e meio, e a sua largura de um côvado e meio, e de um côvado e meio a sua altura. E cobri-la-á de ouro puro; por dentro e por fora a cobrirás; e farás sobre ela uma coroa de ouro ao redor.” (Êxodo 25.10-11)

arca_dst
Mas, será que todos a viam assim? A resposta é: NÃO!

Observe: É normal que, se algo para uma pessoa não tem o mesmo significado que para outra, cada uma dará o valor que tem para si própria!

Se existia os que viam a Arca da Aliança com reverência por se tratar da Presença de Deus na Terra, havia os que A viam como um simples objeto religioso.

Tomaram os filisteus a arca de Deus, e a colocaram na casa de Dagom, e a puseram junto a Dagom.” (1 Samuel 5.2)

Esses eram os que tinham os seus olhos, mentes e corações cheios de outros “deuses” e por isso viam a Arca como um mero objeto. Veja que, quem tem o olhar religioso, se não está “satisfeito” com o “deus” que tem, procura outro, muda de “deus” como quem muda de camisa, quando não, vai acrescentando outros para ver qual deles pode mais! Ou, então, cada “deus” tem a sua função. Infelizmente, estas pessoas não conseguem ter uma fé firme, perseverante e, como tal, assim também é a sua vida e tudo o que tentam alcançar… nada é duradouro.

Por esta razão, Deus tinha dito ao Seu povo para que os seus olhos jamais se apartassem da Arca, ou seja, é como se dissesse: “sejam centrados, constantes, equilibrados, corajosos para assumir a vossa fé. Cobrem de Mim o cumprimento da Minha Palavra como prova de que realmente creem n’Ela!”

O Deus Vivo é Aquele que realiza o ser humano em todas as áreas da sua vida, ou seja, você não precisa de buscar a outro, pois n’Ele encontramos tudo o que precisamos. Por essa razão Ele se chama Todo-Poderoso!

Será que você, caro leitor, tem feito isso? Para onde você tem olhado?

Veja que uma pessoa que não tem os olhos espirituais, não percebe a diferença entre o Sagrado e o profano.

Temos, como exemplo, os profetas de Dagom, que quando roubaram a Arca e a levaram para a sua cidade, a compararam a mais um dos muitos “deuses” que eles tinham.

Este grupo de pessoas é fraco na sua fé, devoção, fidelidade, revolta, perseverança, gratidão… pois o próprio Senhor Jesus disse:

Ninguém pode servir a dois senhores; porque ou há-de odiar um e amar o outro, ou se dedicará a um e desprezará o outro. Não podeis servir a Deus e a Mamom.” (Mateus 6.24)

E se um diz uma coisa e outro outra, a qual obedecer? Qual deles terá a razão? Como dividir entre vários “senhores” uma única semente, que é a fé? Como se dedicar totalmente a dois?

Aqueles que viam a Arca da Aliança como o Único Deus, eram fortes, fiéis, perseverantes, pois tinham a sua fé centrada n’Um só Deus.

É importante comentar que, fisicamente, a Arca tinha a mesma forma tanto para os religiosos como para os da fé viva, portanto, não era a Sua forma que mudava e sim como cada um A via.

Deus só podia revelar o verdadeiro significado da Arca para os de coração puro, sincero, que estivessem dispostos a não se deixarem guiar pela vista natural, e, sim, conduzidos pela Voz do Altíssimo.

Amigo leitor, e os seus olhos, como veem a Arca da Aliança?

Será que você faz parte do primeiro, do segundo ou do terceiro grupo de pessoas? (Se não leu o artigo de quarta, clique aqui e entenda mais)

Não perca, hoje,pela primeira vez em Portugal, a Entrada Triunfal da Arca da Aliança. Aceite esta oportunidade e observe a transformação que tanto deseja acontecer na sua vida e dos seus familiares!

Na Sede do CdA na Europa,
Hoje, dia 31 de outubro, às 22h30

Deus é contigo e eu também!

Bispo Júlio Freitas
juliofreitas.com

Deixe o seu comentário

Ou preencha o formulário abaixo.

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

1 comentário

Clayton Silva Responder 31 Outubro, 2014 às 11:30

Boa tarde bispo Júlio e a todos.

Podemos ver Deus quando olhamos para a Arca.

Uma oportunidade que não se pode perder é como nos tempos em que Cristo passava pelas aldeias e vilas e quem tinha essa visão espirital já saiam de seus lares determinados a receber sua presença como: “Se eu apenas lhe tocar ficarei curada” uns vinham apenas como um ser humano outros como SENHOR o próprio Deus o Todo Poderoso.

Realmente tudo está ligado a visão de cada um e somente os que são espirituais consenguem ter não a visão objeto mais sim visão da Presença do Único é Verdadeiro SENHOR de nossas vidas, Sua presença nos faz ser totalmente transformados e não tem como uma pessoas receber a presença do Criador e continuar a mesma.

Muito forte bispo essa revelação.
Fico agradecido.
Saudações