Mensagem

Qual dos 2 você será?

rr

 

Dizem que não escolhemos a família ou o meio onde nascemos, mas será que não depende totalmente de nós aquilo em que nos tornamos?

Hanani e Neemias eram dois homens, irmãos, que, mesmo depois de 2.500 anos, continuam a ser um exemplo para todos nós e em especial para muitos jovens hoje em dia. Mas, o que fizeram eles? Que comportamento revelaram que surpreendeu tanto pela positiva por um lado, como pela negativa, por outro? Em primeiro lugar, vamos perceber quem eram ambos e qual o seu papel na sociedade em que viviam:

HANANI: “… veio Hanani, um de meus irmãos, com alguns de Judá; então, lhes perguntei pelos judeus que escaparam e que não foram levados para o exílio e acerca de Jerusalém.” (Neemias 1.2)

Hanani era um dos irmãos de Neemias. Ele estava no meio das ruínas, no meio do sofrimento, no meio das pessoas que estavam literalmente a assistir à destruição das suas vidas, das suas famílias e de tudo o que estava à sua volta. Ao invés de realizar uma revolução contra aquela situação e reconstruir os murros, ele foi-se embora para a cidade de Susã, na Babilónia.

NEEMIAS: “… disse ao rei: se é do agrado do rei, e se o teu servo acha mercê em tua presença, peço-te que me envies a Judá, à cidade dos sepulcros de meus pais, para que eu a reedifique.” (Neemias 2.5)

Neemias estava no palácio, onde não enfrentava qualquer tipo de problema ou necessidade. Podemos dizer que Neemias tinha uma posição abençoada, privilegiada, era a pessoa de extrema confiança do rei mais poderoso da época no mundo (o copeiro, naquela época, tinha de ser de extrema confiança, educação, afeição, discrição, inteligentíssimo, pois servia também de conselheiro do rei. Neemias não era um copeiro-garçon qualquer, como alguns, por ignorância, pensam e falam. Mas claro, o seu sonho e Planos de Deus era que ele voltasse para Israel e reCONSTRUIR a Cidade de Jerusalém). Já a posição do seu irmão Hanani era muito diferente.

E os filhos dos Membros do Centro de Ajuda que conhecem a Verdade?

Em que posição se encontram? Na de Hanani ou de Neemias? Na de Neemias, pois ele revoltou-se contra a situação em que se encontrava o povo… já Hanani não se revoltou. E o que significa isto? Que não nos podemos deixar acomodar pelo facto de estarmos no “palácio” (Centro de Ajuda) e não enfrentarmos propriamente problemas, injustiças, infidelidade, traição… ou seja, em casa, um filho de Pastor, por exemplo, normalmente, não se depara com esta realidade.

Os seus pais são unidos, o seu ambiente familiar é harmonioso, a sua educação foi feliz, correta, cuidada, cheia de amor, carinho e compreensão… ou seja, nunca lhe faltou nada. Porém, isto não pode fazer com que ele se torne acomodado e indiferente à situação de ruína em que muitas pessoas se encontram, inclusive, pessoas que estão dentro da Igreja, no meio do povo.

Infelizmente, é uma forte característica do ser humano: o egoísmo. Por norma, pensamos apenas em nós, nas nossas necessidades, preocupações, desejos, sonhos… e esquecemo-nos das pessoas, dos seus problemas, do sofrimento que as cerca. O nosso mundo é o que realmente importa e prevalece.

E não deveria ser assim, não é verdade? Você, como filho de um Membro fiel, Obreiro, Pastor, nasceu no “palácio”, mas não apenas para experimentar os benefícios desta posição e sim, precisamente, para se dar conta de que existem pessoas que carecem de tudo na sua vida e pelas quais você deve lutar!

Quer um exemplo de um Filho de Um Rei, que poderia ter vivido em palácios, mas que escolheu Revoltar-Se contra a situação em que vivia o povo? Olhe para o Único Exemplo Relevante: O SENHOR JESUS CRISTO!

 

Bispo Júlio Freitas
juliofreitas.com

Deixe o seu comentário

Ou preencha o formulário abaixo.

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

1 comentário

Lrdes/Salgueiro/Horta /Açores Responder 15 Outubro, 2014 às 23:51

muito forte Bispo eu faço parte de Neemias