Mensagem

Quem escolhe quem?

“Seis dias depois, tomou Jesus consigo a Pedro, Tiago e João e levou-os sós, à parte, a um alto monte. Foi transfigurado diante deles;” (Marcos 9.2)

Descanso: Depois do sexto dia vem o sétimo, que representa o descanso, mas nós só usufruímos do verdadeiro descanso quando temos o Espírito Santo. As nossas experiências com o poder de Deus (curas, milagres físicos, familiares e materiais ) não nos dão o direito de pararmos e nos acomodarmos, pensando que já tivemos um encontro pessoal com Deus.

Transformação: O que prova que tivemos um encontro pessoal com Deus é a nossa transformação interior. E essa transformação acontece apenas quando entregamos o coração velho e Ele nos dá um coração novo. Deus restaura a nossa vida exterior, mas o interior Ele transforma.

Revelação: O Senhor Jesus só se revela aos corajosos, intrépidos e de desafio, aqueles que são de oração, perseverantes, aqueles que O amam, que são leais e fiéis. Ele só pode revelar-se a esses, por isso Ele os levou aparte, pois apenas eles estavam preparados para tal revelação e transformação.

Aptidão: Deus chama a todos, mas quem escolhe quem? As nossas atitudes é que provam a Deus se somos mais um ou se estamos aptos a subir o monte, um alto monte, para ali receber tal revelação e transformação.

Entrega: Muitos, como os 9 que ficaram em baixo, nem uma criança puderam ajudar, sendo, assim, envergonhados. Muitas pessoas nem em situações mais fáceis se destacam, imagine em grandes desafios, e isso porque não estão no monte, mas sim, em baixo do monte, sem esforço, sem sacrifício, sem entrega, tendo experiências com o poder, mas não com o próprio Deus. E essa entrega, esse esforço e sacrifício engloba negar-se a si mesmo e segui-Lo.

Por que é que Ele não levou os 12? Saiba no próximo post…

Te vejo na IURD ou nas Nuvens!

Bispo Júlio Freitas
bispojulio.com

Deixe o seu comentário

Ou preencha o formulário abaixo.


O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *