Mensagem

SALMO 84

Bom dia Bispo Júlio,estava meditando
neste Salmo e gostaria de compartilhar com o senhor.

Quão amáveis são os teus tabernáculos, SENHOR dos Exércitos! A minha alma suspira e desfalece pelos átrios do SENHOR; o meu coração e a minha carne exultam pelo Deus vivo!

Este é o Espírito que deve haver em todos os que desejam dizer, no dia 17 de Abril: Ah, que dia!.

O pardal encontrou casa, e a andorinha ninho para si, onde acolha os seus filhotes; eu, os teus altares, SENHOR dos Exércitos, Rei meu e Deus meu!

Da mesma forma que a andorinha encontrou a sua casa e ninho, Davi encontrou também a sua casa, a sua moradia, que era no Altar de Deus, no lugar de Sacrifícios. A vida dele era de constantes sacrifícios, fazendo dele o próprio sacrifício. E é assim que Deus honra, como agora, 100% no Cenáculo!.

… Bem-aventurado o homem cuja força está em ti, em cujo coração se encontram os caminhos aplanados…

Quando a pessoa se sacrifica em favor de Deus, ela passa a ter a Sua força, gerando confiança e paz…

o qual, passando pelo vale árido, faz dele um manancial; de bênçãos o cobre a primeira chuva.

Quem fez do Altar de Deus a sua moradia, quem é o próprio sacrifício, torna-se uma fonte, a própria benção. Essa pessoa tem sempre para dar, não importa as circunstâncias da sua vida, ela tem para si e para os outros: amigos, familiares e mesmo para os que estão perdidos neste mundo.

Vão indo de força em força; cada um deles aparece diante de Deus em Sião.

Estaremos em Jerusalém, apresentando-nos diante de Deus, não mais fracos, caídos, desanimados, perdidos, mas, apresentar-nos-emos fortes, pois o derramamento já está a acontecer.

… Pois um dia nos teus átrios valem mais que mil;

Isso cumprir-se-á no dia 17, pois, esse dia valerá mais do que mil na vida de todos os que estão a viver esta fé!

prefiro estar à porta da casa do meu Deus, a permanecer nas tendas da perversidade.

A palavra ‘tenda’ remete para algo que não é fixo, que é inconstante, que não tem fundação ou protecção. Muitos têm acreditado num Deus tão grande, mas continuam a viver em ‘tendas’. Uma vida sem futuro, sem estabilidade, insegura quanto ao dia de amanhã. Deus não quer que a pessoa habite em tendas, em algo temporário, mas sim no seu Altar, algo sólido, para todo o sempre!.

…SENHOR dos Exércitos, feliz o homem que em ti confia.

A confiança de David estava em Deus. Ele encontrou a moradia certa: o Altar de Deus!.

Pr. Felipe Gonçalves – França

Deixe o seu comentário

Ou preencha o formulário abaixo.

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *