Mensagem

Tem sido afrontado/a?

A palavra afronta significa vergonha e humilhação e muitas pessoas, que deveriam ser honradas, estão, ultimamente, a ser afrontadas. E será que o povo de Deus deve ser afrontado ou honrado? Afinal, foi o Senhor Jesus que disse: “…E, se alguém me servir, o Pai o honrará” (João 12.26).

A afronta é uma vergonha pública, podendo estar ligada a qualquer área da sua vida, seja profissional, sentimental, familiar, espiritual… e Deus quer que você seja honrado/a, porque a afronta revela a presença do mal, sendo o sinal do diabo na vida do indivíduo; já a honra é o sinal de Deus na vida da pessoa. Contudo, Deus só pode honrar aqueles que se decidem a servi-Lo, a entregar-se-Lhe, a obedecer-Lhe e a confiar n’Ele.

“Tendo o rei Ezequias ouvido isto, rasgou as suas vestes, cobriu-se de pano de saco e entrou na Casa do SENHOR” (Isaías 37.1).

Quando Ezequias ouviu a afronta do rei Senaqueribe, dizendo que ia fazer com que ele comesse as próprias fezes e bebesse a própria urina, sentiu a verdadeira humilhação. Então, imagine alguém a dizer-lhe isto, que o seu Deus é nada, que não poderá salvá-lo/a nem a si, nem ao seu povo, porque irá destruir a sua nação. Este foi o sinal do diabo para Ezequias e sabe o que é que ele fez? Rasgou as suas vestes, ou seja, despojou-se de todo e qualquer título, conhecimento ou posição, que o tentasse impedir de ficar na total dependência de Deus.

Ele era rei, mas rasgou as suas vestes reais e cobriu-se de pano de saco, portanto, humilhou-se. Primeiro, abdicou do seu título de rei, considerando que não era isso que o iria salvar, mas sim a sua entrega e humilhação a Deus, pois, quem se humilha perante Ele será exaltado, mas quem se exalta perante Deus será humilhado pelos homens. E só depois de se humilhar perante Deus é que entrou na casa do Senhor. Ele sabia que o seu reinado dependia da sua fé e não da sua coroa, que a vitória não dependia da sua roupa real, mas da sua comunhão com Deus, enfim, que todas as áreas da sua vida dependiam da sua espiritualidade.

“Então, enviou a Eliaquim, o mordomo, a Sebna, o escrivão, e aos anciãos dos sacerdotes, com vestes de pano de saco, ao profeta Isaías, filho de Amoz, os quais lhe dissessem: Assim diz Ezequias: Este dia é dia de angústia, de castigo e de opróbrio; porque filhos são chegados à hora de nascer, e não há força para dá-los à luz” (Is 37.2-3).

Por outras palavras, ele sabia que para vencer aquele exército tinha que vencer o diabo, então, precisava de falar com o homem de Deus para saber o que fazer. Ezequias materializou a sua confiança, fé e temor no Senhor, dizendo ao mensageiro para comunicar ao homem de Deus que tinha sonhos ainda por realizar. E quando uma pessoa tem sonhos e quer fazê-los nascer, sabe que irá precisar de forças e da orientação do homem de Deus, crendo na Sua honra e desprezando a afronta do diabo. Este poderá até ameaçar, mas Deus cumprirá com o comprometido.

“Porventura, o SENHOR, teu Deus, terá ouvido as palavras de Rabsaqué, a quem o rei da Assíria, seu senhor, enviou para afrontar o Deus vivo, e repreenderá as palavras que o SENHOR ouviu; faze, pois, tuas orações pelos que ainda subsistem” (Is 37.4).

Você subsistiu, apesar de toda a afronta, erros e fraquezas que tem, provando assim que a honra de Deus irá prevalecer na sua vida. Mas, você tem que investir em si, tal como o fez Ezequias, rasgando as suas vestes, cobrindo-se de pano de saco e indo à casa do Senhor, buscar a orientação do homem de Deus e não de outros.

“Foram, pois, os servos do rei Ezequias ter com Isaías; Isaías lhes disse: Dizei isto a vosso senhor: Assim diz o SENHOR: Não temas por causa das palavras que ouviste, com as quais os servos do rei da Assíria blasfemaram contra mim. Eis que meterei nele um espírito, e ele, ao ouvir certo rumor, voltará para a sua terra; e nela eu o farei cair morto à espada” (Is 37.6-7).

Tudo o que Deus lhe deu foi uma palavra, ou seja, para não dar ouvidos ao rei Senaqueribe e não crer nas mentiras do diabo. Portanto, se existem rumores de que você é uma pessoa doente, endividada, fraca e que cai em tentação, Deus fará com que surja outro rumor, para que os seus inimigos caíam por terra. Mas a decisão é sua: se dará ouvidos à carta de afronta do diabo ou à carta de honra de Deus.


Te vejo na IURD, ou nas Nuvens!

Por seu servo em Cristo,
Bispo Júlio Freitas
bispojulio.com

Deixe o seu comentário

Ou preencha o formulário abaixo.

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *