Mensagem

Você pensa que é desapegado?

Sonhos pessoais, casa própria, carreira, bens materiais… existem determinados elementos que orientam a nossa vida e aos quais nos apegamos, como se deles dependesse toda a nossa existência…desapego

Os porcos eram a sua fonte de renda, e eles estavam tão apegados a eles, ou seja, valorizavam-nos tanto, que não lhes pesava o facto de serem imundos e condenados por Deus – era esta a realidade dos gerasenos (porqueiros), povo que, na Bíblia, ficou conhecido por ter rejeitado o Senhor Jesus.

Quem é chamado para servir a Deus no Altar, é, justamente, porque se desapegou das coisas materiais, dos sonhos pessoais, da casa, da empresa, do trabalho, do diploma, da família, até de ter filhos.

A pessoa abre mão de tudo para servir a Deus no Altar, por causa do TEMOR A DEUS. Mas hoje, o que excluiu muitos do Altar, é precisamente essa falta de TEMOR, que faz com que a pessoa queira buscar algo físico para se sentir segura ou querer fazer do seu jeito, servir do seu jeito.

Porém, no Altar da Igreja Universal, não servimos como queremos ou do nosso jeito, mas como Deus quer, inspira e orienta, porque Ele é o Senhor.

Então, observe que quando a pessoa se apega a algo ou alguém é porque lhe falta TEMOR AO SENHOR. Ela não crê que Deus a vai amparar, atender às suas necessidades, enfim, que Deus a vai surpreender e nisso ela acaba por perder a oportunidade de se libertar, de se salvar e de servir a Deus, como foi o caso dos porqueiros.

Eles não eram endemoninhados, mas não pense que aqueles demónios que saíram do endemoninhado geraseno e entraram naqueles porcos ficaram nas profundezas do mar. O diabo apenas rogou a Jesus que o enviasse para os porcos, porque estava a ser atormentado.

E o que é que atormenta o diabo? Perder a sua morada:

exclamando com alta voz: Que tenho eu Contigo, Jesus, Filho do Deus Altíssimo? Conjuro-Te por Deus que não me atormentes! Porque Jesus lhe dissera: Espírito imundo, sai desse homem!” (Marcos 5.7-8)

Se arrancarmos o diabo do corpo da pessoa, ele fica sem morada. E o diabo precisa de um corpo para se expressar. Ele pode até usar os animais, mas por um tempo muito limitado, porque os animais não têm como manifestar a sua personalidade, porque são irracionais, ele precisa de um corpo humano, como o meu e o seu, até porque nós fomos Imagem e Semelhança de Deus.

Então, o homem de Deus, quando TEME AO SENHOR, atormenta o diabo, fazendo-o ficar sem morada e fazendo aquele corpo ser habitação do Espírito Santo.

Ao entrar Jesus no barco, suplicava-lhe o que fora endemoninhado que o deixasse estar com Ele” (Marcos 5.18)
Os outros suplicavam que o Senhor Jesus se fosse embora, mas o ex-endemoninhado suplicava para estar com Ele. Ele não tinha medo de mudanças, pelo contrário, queria mudar mais ainda.

Era um novo homem, que sabia o que era ser endemoninhado, ter uma legião de demónios, viver no cemitério, cortando-se e gritando, viver como um bicho, como um porco, e não queria voltar e maneira nenhuma a esse estado.

Bispo Júlio Freitas
juliofreitas.com

Deixe o seu comentário

Ou preencha o formulário abaixo.

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

1 comentário

Marcelo martins - pombal Responder 10 Setembro, 2014 às 18:56

Boa tarde a todos Quando abrimos mãos de tudo confiando totalmente no Autor da vida , ele não nos desampara e nunca nos Decepciona , muitas pessoas vivem decepcionadas por que Rejeitaram jesus como os porqueiros e depois acabam decepcionados , por isso eu troco jesus por nada desse Mundo por tudo é passageiro .