Mensagem

Meu marido não quer ler Casamento Blindado

Meu-marido-nao-quer-ler-CasamentoBlindadoBom dia Renato e Cristiane!

“Gostaria de saber como agir com meu marido. Amo o programa de vocês. Já li os dois livros “Casamento Blindado” e “A Mulher V”, mas não consigo fazer meu marido ler o livro comigo, assistir os programas de livre e espontânea vontade, e acabo me chateando com ele. Ele é um marido maravilhoso, mas é sempre bom melhorar cada dia mais, né? Eu falo para ele direto: Não sei o que seria do nosso casamento se não fossem os ensinamentos que eu tenho aprendido com eles.

Pelo que eu assisto e passo para ele, meu casamento já deu uma mudada para melhor. Sempre quando ele chega do trabalho, eu já coloco no programa e deito no sofá no colo dele, aí ele fica quietinho. Mas queria saber como fazê-lo assistir o programa sem que eu fique pressionando. Desde já, agradeço. Vocês são uma benção que Deus colocou nos nossos caminhos.” – Giovana

Giovana, em poucas palavras:

Seja o livro que ele lê. Seja o programa que ele vê.

É comum o homem achar que o relacionamento não precisa de livro, programa de TV, nem de conselhos de terceiros. “Se há algum problema entre nós, eu tenho a solução”, é o que a maioria dos homens casados pensa. Por que eu sei disso? Porque eu era um. É típico o homem só acordar para os problemas de casamento quando a mulher lhe apresenta os papeis de divórcio.

Mas isso não quer dizer que não há esperança para você. O que você deve fazer em vez de pressioná-lo a ler o livro ou a assistir os programas é ser o livro e o programa. Deixe que seu comportamento mostre para ele quão bom é o livro. Pratique o que leu. A sua mudança será o livro que ele vai ler. O seu novo comportamento será a aula da Escola do Amor que ele vai assistir.

E assim como você melhorou lendo o livro e assistindo as aulas, ele vai melhorar lendo e assistindo você. Daí nascerá nele a curiosidade de realmente ler o livro e assistir os programas.

Aja com essa sabedoria e verá os resultados.

Bispo Renato Cardoso

Deixe o seu comentário

Ou preencha o formulário abaixo.

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *