Mensagem

O que o seu aspirador de pó pode lhe ensinar

O--que-seu-aspirador-po-pode-ensinarPermita-me uma observação de uma lei da natureza que nos dá uma profunda lição para a vida.

Segundo definições da química e física, vácuo é “a ausência de matéria em uma certa região do espaço”. Quando tudo é removido de um lugar de forma que literalmente nada exista ali, nem mesmo o ar, então temos um vácuo. Naquele espaço a pressão é zero, pois não há matéria. Mas porque tudo ao redor, fora daquele espaço, está sob pressão física normal, o vácuo atrai para si as matérias próximas a ele. Explicado de outra forma: a pressão exterior “empurra” as matérias para dentro do vácuo.

Você pode observar isso no aspirador de pó, onde nele há um ventilador que “empurra” o ar interno para a parte de trás do aspirador. Com isso, ele cria um vácuo dentro do aspirador, provocando uma redução na pressão, a qual fica menor que a pressão do ar externo. Assim, a pressão atmosférica “empurra” o ar (e a sujeira) para dentro do aparelho — facilitando aquele entediante trabalho de limpar o carpete.

Você também vê o vácuo em ação nas embalagens de leite, sucos, pó de café e outras, onde ele ajuda a conservar os alimentos pela ausência do ar. E para uma observação mais simples: quando você bebe todo o líquido de uma garrafa direto da boca e no final suga também o ar dela, o que acontece com a sua língua? Ela é puxada para dentro da garrafa, porque o vácuo que você criou atraiu a língua para dentro.

Muito bem, agora a lição para a vida.

Assim como na física o vácuo “pede” para ser preenchido, todas as vezes que você deixa um vazio em alguma área (espaço) de sua vida, este vazio também atrairá alguma coisa para si.

Digamos que no espaço que você como marido deveria ocupar na vida da sua esposa você deixe um vazio. Você é ausente, se ocupa mais com o seu trabalho, não se importa com o dia a dia dela, enfim, não lhe dá atenção. O que você acha que vai acontecer?

Primeiro, existirá um vácuo. E ela vai perceber isso na forma de sentimentos de abandono, ciúme de você com outras pessoas e coisas que têm mais de sua atenção, dúvidas se você a ama mesmo, e coisas assim. Daí, em primeiro momento, ela poderá lhe fazer cobranças. “Fica comigo”, “Você não me ama”, “Por que você trabalha tanto e não tem tempo para mim?”, “Quem é essa mulher no seu celular?” — e tal.

Se o vácuo permanece mesmo assim, porque você, como marido sem noção, não entende as cobranças dela, então eventualmente alguma coisa irá preencher aquele vazio. Sua esposa poderá passar mais tempo no shopping, ou querer fazer uma plástica, ou entrar em depressão, ou até começar a apreciar a atenção daquele cara que disse oi para ela na Internet.

Aí use sua imaginação para saber aonde isso vai dar.

A questão então é você entender que:

  • Para cada espaço, há algo que pode ocupá-lo
  • Coisas boas ou ruins podem ocupar qualquer espaço; normalmente é o que está mais próximo
  • Se você não preencher os espaços em sua vida com coisas boas, as ruins naturalmente os ocuparão

Isso explica a fonte de muitos sofrimentos e consequências ruins nas vidas das pessoas. Você extrapolar isso para todas as partes de sua vida. Na vida espiritual, por exemplo, você já deve ter ouvido dizer que o ser humano tem um espaço dentro de si que só Deus pode preencher. A constante insatisfação de pessoas que não buscam a Deus é uma prova disso. Há pessoas que têm tudo mas se sentem vazias, e há aquelas que não têm nada mas se sentem preenchidas.

Pense bem sobre os espaços vazios que você tem deixado em sua vida e na vida de outras pessoas que precisam de você. Procure preenchê-los com as coisas apropriadas. Assim você eliminará e evitará muitos problemas de sua vida.

Bispo Renato Cardoso

Deixe o seu comentário

Ou preencha o formulário abaixo.

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *