Mensagem

Será que é um fantasma?

sera-um-fantasma

“Sou Eu. Não temais!”

João 6.20

Os doze discípulos cruzavam o Mar da Galileia em um barco, à noite, sem Jesus. O Mestre havia ficado para trás, no monte, a orar. De repente, um vento forte começou a soprar e a levantar as ondas. Os discípulos já tinham remado uns cinco ou seis quilômetros, quando viram Jesus andando em cima da água e chegando perto do barco. E ficaram com muito medo porque no meio da noite e da tempestade não O reconheceram. Já não bastava a tempestade, agora um fantasma!

Jesus então os conforta e diz:

“Sou Eu. Não tenham medo!” O receberam a bordo e “logo o barco chegou ao seu destino.”

(v.21)

Note que a tempestade começou de repente. Até então, a travessia dos discípulos prosseguia sem maiores problemas. Eles não haviam previsto aquela virada no tempo. Agora, se encontravam no meio de uma tormenta no mar. Às vezes zarpamos em direção a alguma conquista e no meio do caminho aparecem adversidades inesperadas. O casamento estava indo bem, de repente uma crise. As finanças e os negócios de vento em popa, até que do nada um revés sacode o seu barquinho. Você se vê no escuro. E para ajudar, os “fantasmas” — problemas em cima de problemas — começam a aparecer.

Os discípulos deveriam lembrar, assim como nós, que Jesus estava no monte orando por eles. Ele intercede ao Pai por nós. Neste exato momento, se você está no olho da tempestade, Ele está não somente orando por você, mas Se movendo em direção ao seu barquinho para lhe ajudar. Quando a noite está mais escura, o mar mais bravio, e até fantasmas começam a aparecer, Ele lhe diz: “Sou Eu. Não tenha medo!”

Receba-O em seu barquinho e logo chegará seguro ao seu destino.

Bispo Renato Cardoso

Deixe o seu comentário

Ou preencha o formulário abaixo.


O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *