13º Dia : Quando é que o coração está longe de Deus?

Olá a todos os que participam neste Jejum dos 21 Dias!

Hoje já é o 13º Dia e a pergunta de hoje é: “Quando é que o coração está longe de Deus?”

Acompanhe comigo no livro de Mateus, capítulo 15, versículo 7:

“Hipócritas! Bem profetizou Isaías a vosso respeito, dizendo:
Este povo honra-me com os lábios, mas o seu coração está longe de mim.
E em vão me adoram, ensinando doutrinas que são preceitos de homens.
E, tendo convocado a multidão, lhes disse: Ouvi e entendei:
não é o que entra pela boca o que contamina o homem, mas o que sai da boca, isto, sim, contamina o homem.”

(Mateus 15:7-11)

Internauta, quem são os hipócritas? O hipócrita é alguém que sabe responder, interpretar a lei, sabe “camuflar”, ou seja, dar uma certa aparência para ocultar o que está dentro de si. Finge que não vê, que não ouve, que não sente… Esse é o hipócrita!

Jesus quando diz:

“Este povo honra-me com os lábios, mas o seu coração está longe de mim.”

(Mateus 15:8)

Muitos estão nestes 21 Dias, mas com o coração longe de Deus! Falam com Deus assim, por exemplo: “Ah Deus… O Senhor é tudo para mim! Amo-te, adoro-te, batiza-me com o Espírito Santo…” Parece até que estão a fazer uma canção quando oram… Aparentemente parece uma honra para Deus; que são gratos e que realmente reconhecem a Sua Soberania. Mas na realidade, o seu coração está longe! E como posso dizer isso? Como é que os lábios dizem uma coisa e o coração está longe?! É que a sua alma, a sua mente, donde vêm os seus pensamentos, os seus desejos, não estão ali em Deus. E a verdade é que você nem se esvazia… Nem se conhece! Não fala quem está a ser, não refere a sua injustiça! Apenas elogia, elogia e elogia a Deus… Diz que Ele é tudo, é maravilhoso, Soberano, que é o seu refúgio, a sua fortaleza…

Desculpe internauta, e membro que acompanha este post no meu Blog, mas eu já ouvi várias pessoas falarem com Deus, que me agoniavam! E estavam na igreja!
E pergunta-me: “Mas Viviane, como é que pode ficar agoniada com uma pessoa que louva e fala com Deus?” Fico agoniada, porque é exatamente o que está escrito:

“Este povo honra-me com os lábios…”

(Mateus 15:8)

E como é que sei que honram com os lábios, mas o seu coração está longe de Deus? É pela forma como falam, como se expressam, não há verdade… Quando vou dizer alguma coisa ao meu marido, ou a alguém, alguma verdade, eu não sou superficial! Não digo: “Você é tudo para mim Júlio… é soberano, é isso, é aquilo…” Enquanto primeiro não reconheço o meu estado. Para eu chegar e dizer: “Júlio, Mimiu, eu amo-te! Mimiu, você é tão lindo! Tão caprichoso… É tão linda a sua forma de ser!” De que forma falo? Falo a pensar, reconheço o trato que ele me dá. Vejo o seu trato e quem eu sou… E diante disso, quando elogio é verdadeiro. Mas quando, no fundo, no fundo… Não existe isso dentro de si, não é o seu natural. E acaba por elogiar aquilo que não é natural em si, quando o vê-lo em outra pessoa.

Agora imagine Deus! Eu posso ler Salmos e falar exatamente, as mesmas palavras do rei David, para Ele. Mas não quer dizer, que eu esteja a honrar a Deus… Honro-O, quando existe sinceridade da minha parte, reconhecimento! Muitos fazem este tipo de oração, de louvor a Deus, mas está longe o seu coração! Pode questionar-me: “O que é quer dizer com isso, Viviane? Que o coração está longe… Quando eu estou a falar com Deus, a buscar palavras para agradecer-Lhe, para encher-me do Espírito Santo…” Não é a falar palavras bonitas, mas esvaziar-se! Veja o que Ele fala:

“E em vão me adoram, ensinando doutrinas que são preceitos de homens.”

(Mateus 15:9)

Tem muitas esposas de Pastores, obreiras, Pastores até… Membros, evangelistas, pessoas do grupo jovem, que ficam a falar: “Oh Deus eu amo-te…” E falam para as outras pessoas com boca cheia! Ensinam e falam “Tem que guardar o seu coração…” As palavras daquela pessoa, desculpe me dizer, mas dá ansia de vómito… Porquê?! Porque são palavras religiosas, é a própria palavra de Deus que ela usa, mas de uma forma sistemática… Não está próxima de Deus! E a prova? É como ela vive a fé e como é com Deus! Não se sente injusta com as suas imperfeições, às vezes, nem sabe quais são as suas injustiças… Acha-se perfeita, uma boa pessoa, sente-se “invadida” quando alguém lhe fala das suas imperfeições. Ensinam doutrinas mas estão longe de Deus!

“E, tendo convocado a multidão, lhes disse: Ouvi e entendei…”

(Mateus 15:10)

(Mateus 15:10)
Não tem que ter o conhecimento, internauta! Não estamos a falar aqui, para que saiba manejar bem a palavra de Deus, de ser “poderosa” com ela e que as pessoas se lhe submetam, porque você sabe interpretar palavra Dele. Não estamos a falar disso! Falamos aqui para ouvir e entender! Quem entende, pratica, enxerga-se, olha para si! “Ouve e entende…” Quer dizer, não é para ninguém, é para mim! A palavra de Deus é para mim!

“…não é o que entra pela boca o que contamina o homem, mas o que sai da boca, isto, sim, contamina o homem.”

(Mateus 15:11)

Diz para Deus: “O Senhor é maravilhoso! É o meu refúgio, eis-me aqui! Toma a minha vida.” Depois dessa oração, acabou aquele momento de emoção do fundo musical… Esquece tudo, até de Deus! Vem os seus sentimentos e esquece se, que tem que olhar com bons olhos, que tem que guardar a sua alma, que tem que vigiar os seus pensamentos… Esquece!! Olha para a outra pessoa e diz: “Você que tem que mudar!” Uma coisa fala para Deus, ensina para as pessoas e outra coisa é como ela é como pessoa!

Realmente, minha amiga internauta, vamos dizer aqui seriamente… Imagine que seja uma amante, uma “prostituta”, desculpe dizer assim, mas imagine-se na “pouse” de uma “prostituta”, que fica a fazer cenas de prazer e vem a iludir o seu cliente, para que possa ganhar mais dinheiro com isso. Há muitas pessoas que fazem isso! Querem iludir a Deus! Com cenas, com palavras, com “blá, blá, blá”, quando na realidade vive uma vida distante… Se realmente quer mudar, então vai ter que largar a prostituição, a sua vida, pois é você que faz isso, que se converte. Não é Deus que faz isso! Não é Ele que lhe “toca” para que se converta. O Espírito Santo convence, mas cabe a si tomar a atitude! Tem que se esmerar ouvir e entender.

Por isso, que dá ansia de vómito, desculpe mas é a verdade! Acontece isso, quando vejo palavras, que não são verdadeiras. Questiona-me: “Como pode provar isso Viviane?” Provo porque a boca fala do que está cheia, dá para ver que não há reconhecimento, que apenas há uma teoria, consciência de Deus e do que tem que ser falado, às vezes, até copia Salmos e o Pastor a orar, quando na realidade, não sai nada do que está dentro dela! Pode dizer: “Mas Viviane, eu não sei orar, não sei buscar a Deus!”

Quem disse que tem uma maneira de falar? A única coisa que Deus quer de si, é a sinceridade! Se chegar e falar para Deus: “Olha Deus! Aqui estão todos a buscar, a louvar, mas eu não te conheço! Não tenho nem me enxergado, nem me vejo… Vejo algumas coisas, mas não me sinto injusta e quero ver o meu erro! Quero buscar-te, não quero ser como essa “prostituta” que faz cenas, eu não quero isso! Não quero essa ilusão! Quero o Senhor, eu preciso dessa verdade. Se tenho agido como uma “prostituta”, diante de ti, a falar, a fazer coisas que Lhe agridem, eu quero mudar, mas preciso ver! A “fulana” fala que sou orgulhosa, mas quando ela fala, não me vejo orgulhosa… Sinto-me ofendida, fico com raiva… Sei que não devo ter raiva, mas continuo pois, quando olho para ela, fico impaciente e descrimino-a, evito-a, faço o mal com o mal… É isso que acontece comigo! Não quero mais isso! Tenho ouvido falar de ti e tudo o que se tem falado, é dessas atitudes que tenho reparado que estão mal!”

Amiga internauta, quando fala assim, isso é o coração próximo de Deus! Está a dar se a conhecer, diz o que está a acontecer dentro de si! Não diz palavras bonitas para fantasiar, iludir, está a falar o que é a realidade. Quer dar a verdade para Deus! Quando abrir a boca dizendo: “Deus você é o meu tudo!” Realmente, viu a sua nudez, a sua “miséria”, os seus pecados, viu-se condenada ao inferno. Mas viu o amor de Deus, a paciência… Agora sim, fala realmente e adora, não como “preceitos de homens”… Mas como e quem Ele é para si!

Quero tanto que o conheça como Ele é! Quero tanto que seja real com Ele! Porque a coisa mais linda, que possa encontrar neste mundo, é encontrar este Jesus! Para encontra-lo e ser batizada com o Espírito Santo, há a necessidade, que se veja necessitada, procurar e descobrir quem está a ser.
Então poderá entender quando Jesus fala:

“Vinde a mim, todos os que estais cansados…”

(Mateus 11:28)

Normalmente, vem quando tem problemas. Problema familiar, sentimental, económico… E quem está a ser? Será que vem para Deus? Pense nisso!

Deixe aqui o seu comentário.
Separe um momento, ainda hoje fale com Deus. Esvazie-se e vai ver o quão maravilhosa e linda é a presença de Deus! Quando você se coloca no seu lugar.

Um grande abraço para vocês. Amanhã estaremos de volta!

Deixe o seu comentário

Ou preencha o formulário abaixo.

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *