21º Dia – Após o milagre, qual o cuidado que se deve ter?

“Por isso, disseram os judeus ao que fora curado: Hoje é sábado, e não te é lícito carregar o leito. Ao que ele lhes respondeu: O mesmo que me curou me disse: Toma o teu leito e anda. Perguntaram-lhe eles: Quem é o homem que te disse: Toma o teu leito e anda? Mas o que fora curado não sabia quem era; porque Jesus se havia retirado, por haver muita gente naquele lugar. 21jeuneMais tarde, Jesus o encontrou no templo e lhe disse: Olha que já estás curado; não peques mais, para que não te suceda coisa pior.O homem retirou-se e disse aos judeus que fora Jesus quem o havia curado. E os judeus perseguiam Jesus, porque fazia estas coisas no sábado.” (Jo.5:10-16)

Os religiosos, que não estão preocupados com a cura, mas tão somente em ter a pessoa “na mão”, argumentaram que, em um sábado, em virtude da prática da lei, o homem não poderia tomar o seu leito e andar. Teria que ficar prostrado, acomodado, esperando que alguém tivesse compaixão dele para agir a fé!

Quando é curada, ou é resolvido um problema ou situação que enfrentava, qual é o cuidado que deve ter?

De não ser contaminada com a dúvida. Porque a dúvida neutraliza a fé!

E o pecado do comodismo, torna ainda pior a situação…

Aconteceu o milagre, há muitos anos atrás, e a pessoa vive baseada no mesmo, lembrando-se do pastor “A” ou da “fulana B” que, supostamente, teriam causado uma revolução na sua vida.

E comete-se, assim, o mesmo erro que o homem estava em risco de cometer, de depender de alguém, que o levasse à fé.

Você deve depender exclusivamente da sua fé, e, quando se torna Um com Deus, tem o discernimento de não tolerar, estar dentro da Igreja, com informação de uma crença no Deus vivo, mas permanecendo acomodada!

Deve estar sempre vigilante, para reparar na sua própria vida em relação à sua fé!

Por vezes, em uma oração, já não está na fé; quando busca, já não o faz na fé; lê a Bíblia, mas não na fé. Então, quando está na fé?

Quando tem certeza!

“Ora, a fé é a certeza de coisas que se esperam, a convicção de fatos que se não vêem.”
(Hb.11:1)

É a certeza! Quando existe fé, há um equilíbrio emocional que não lhe permite ser instável, cheia de dúvidas. Deixa de ser uma pessoa acomodada.

Quando é dirigida pela fé, há certeza, segurança e direção.

Devemos ter esse cuidado, após os milagres que alcançamos através da fé! Sempre reparando, pois, quando o fazemos, investimos em nós, tornando-nos cada vez melhores. Conseguimos perceber se estamos acomodados ou na fé.

Ficou claro para si?

E não apenas entenda e tenha consciência do que temos falado, mas tome atitudes e esteja atenta, diariamente, e não apenas nestes 40 Dias.

Talvez esteja a perceber certas coisas que lhe fazem mal; que é demasiado ligada a situações que interrompem e neutralizam a sua fé, distraindo-a… Como a internet, a televisão, as amizades, as conversas “fiadas”. Deve reparar nisso, para investir na sua fé!

Diz que quer ser Um com Ele, mas as suas atitudes provam isso?! E será que isso se limitará a estes 40 Dias, ou será para o resto da sua vida?

Seja constante! Permaneça, pois quem perseverar até ao fim, alcançará as promessas de Deus, descritas no Livro de Apocalipse.

Seja forte, e não dependa de religião, mas exclusivamente da sua fé em Deus, para que se torne Um com Ele!

Viviane Freitas

Deixe o seu comentário

Ou preencha o formulário abaixo.

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *