24º Dia – Quando é que eu aceito a Glória de Deus?


Olá a todos os internautas. Chegámos ao 24ºDia da Quarentena, e tem sido maravilhoso, viver a presença de Deus no dia-a-dia, porque as palavras d’Ele estão dentro de mim, nos meus pensamentos, nos meus lábios… Estou a vibrar com o que Deus me tem revelado, em relação ao Seu testemunho e a forma como Ele age. Está a ser uma experiência magnífica!

“Como podeis crer, vós os que aceitais glória uns dos outros e, contudo, não procurais a glória que vem do Deus único?”
(Jo.5:44) 24jeune

Não há como crer em Deus, quando procuramos a glória dos outros.

E de que forma a procuraria? Quando precisa ser aprovada pelos demais, tentando provar a outras pessoas, que é de Deus, unicamente para satisfazer o seu egoísmo.

Não está preocupada em ser para Ele uma oferta viva.

Quando quer agradar e honrar a Deus, está centrada naquilo que tem apresentado para Ele.

“Não penseis que eu vos acusarei perante o Pai; quem vos acusa é Moisés, em quem tendes firmado a vossa confiança.”
(Jo.5:45)

No texto, “Moisés” diz respeito a quem, ou no quê, temos firmada a nossa confiança. Talvez em si mesma, no seu egoísmo, no seu “mundinho”, ponto de vista, ideias ou cultura.

Por isso se sente acusada e insegura… Porque quer fazer algo artificial, como agradar às pessoas. E quando tem esta preocupação, você não muda interiormente!

E não me diga que a sua intenção é dar testemunho de Jesus para os demais! Quando se preocupa em agradar a Deus, naturalmente dá testemunho de Jesus, e as pessoas vêem a Glória de Deus na sua vida.

Para esse testemunho ser natural, exige entrega, não a uma pessoa, mas a Deus!

Deve ser humilde, reparar que errou, ser flexivel e estar mais atenta. É desta forma que será aceite, e a sua crença aprovada.

A pessoa que está preocupada com os outros, não procura Deus!

As pessoas que procuram glória dos outros, pensam que estão a ser acusadas, quando não é Deus que as acusa, mas a sua necessidade de afirmação humana!

“Porque, se, de fato, crêsseis em Moisés, também creríeis em mim; porquanto ele escreveu a meu respeito. Se, porém, não credes nos seus escritos, como crereis nas minhas palavras?”
(Jo.5:46,47)

Se, por meio do homem de Deus, que o Espírito Santo está a usar, você não aceita, como crerá nas palavras do Senhor Jesus?!

Tem que ser humilde e reconhecer; ter “vergonha na cara” – perdoe a ousadia – mas é a única forma de arrancar esse espirito carnal, de procurar afirmação humana. Desta forma, não será honrada por Deus nesta campanha, pois a sua intenção prende-se, unicamente, ao benefício próprio.

Se quer resolver o seu problema, deve honrar a Deus e preocupar-se em quem tem sido para Ele!

Deixo aqui um espaço para que você, amiga, escreva o que tem a dizer…

Eu não sou audaciosa para lhe dizer a verdade?! Então, ao invés de falar o que entendeu, diga o que está dentro de si.

Assim, será mais eficaz, para mim e para si, pois colocará para fora, e eu aprenderei, de si, aquilo que precisa.

Um grande abraço para vocês.

Amanhã estaremos de volta.

Viviane Freitas

Deixe o seu comentário

Ou preencha o formulário abaixo.

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *