A vontade de compartilhar

ean2h4b24mppyq0d9wh7jdou6Queridas leitoras, hoje o post faz parte da minha lista de vontades que falei ontem 🙂

Faz tempo que eu venho querendo escrever um post sobre livros e filmes e nunca faço, sei lá, é tanta coisa que vem na minha mente para escrever que essa vontade acaba parecendo não ser tão importante assim, mas não deixa de ser, com tantas variedades de livros e filmes por aí, uma das coisas mais difíceis é achar os que podem acrescentar em nossas vidas… e de vez em quando eu acho alguns. Hoje aqui vão os mais recentes:

Recentemente eu li o livro da Andressa Urach “Morri para Viver”. Vou ser sincera com vocês, eu estava receosa de ler por já ter um pouco de conhecimento sobre a história dela, achei que o livro iria dar detalhes que eu me arrependeria depois de saber, sei lá, é um mundo em que eu nunca vivi e por ser podre, as vezes a vontade é de nem mesmo saber que ele existe, mas Deus me repreendeu a respeito. Entendi que para ajudar as mulheres como a Andressa foi um dia, eu precisava saber o que se passa com elas, como que elas pensam e se comportam e por quê.

Li o livro em um dia e me emocionei muito. Realmente eu precisava ter lido esse livro. Ele relata a história de uma mulher que fez muitas escolhas erradas na vida mas que um dia, conseguiu fazer uma escolha certa que superou por todas elas.

Uma das coisas que me impressionou no livro foi ver que em nenhum momento a Andressa se fez de vítima. Ela não culpou ninguém pelas suas decisões erradas e ainda perdiu perdão às pessoas que a machucaram de uma forma ou de outra. As suas experiências nesse livro com certeza vão ajudar a muitas jovens e mulheres reavaliarem seus conceitos e valores sobre beleza, autoestima, e relacionamentos, e por isso eu recomendo a todas as minhas leitoras a lê-lo. Fiquem atentas as datas de lançamento do livro em suas cidades, aqui em Sampa será na dia 24 de agosto às 19h na Livraria da Vila no JK Shopping 🙂

Eu não tenho mais costume de assistir filmes. Desde que me mudei para o Brasil em 2011, a minha vida mudou radicalmente e o pouco tempo para descansar, a gente descansa mesmo rsrsrs… a minha rotina de entretenimento é assistir a novela Os Dez Mandamentos diariamente e um episódio ou dois de um seriado quando dá. Não sou de assistir televisão mas faço programas (Escola do Amor) todos os dias para quem é 🙂

Capitao-PhillipsCapitão Phillips foi o último que assisti. O Renato que alugou, ele gosta de assistir filmes assim, verídicos. O filme é sobre o sequestro de um cargueiro norte-americano em 2009 por um grupo de piratas da Somalia. Eu gostei demais e no final do filme, eu não pude conter as lágrimas.

É claro que eu não vou contar para vocês a história até porque a minha querida amiga Rafa já me disse que eu sou super spoiler… mas uma coisa eu vou dizer, pela primeira vez eu assisto um filme em que eu compreendo o antagonista.

Todo thriller é sempre a mesma coisa, a gente torce pelo protagonista e fica com muita raiva do inimigo dele, e isso faz parte do padrão que tudo que assistimos pela TV e no cinema. Tem sempre o bom e o mal e todo mundo tem que ficar com muita raiva do mal e gostar muito do bom. Já esse filme foi imprevisível nesse sentido, o que para mim valorizou demais o filme. Eu não consegui ficar com raiva do antagonista, pelo contrário, eu tive pena dele, da situação dele, porque ele precisava fazer o que ele fez…

De certa forma, esse filme combinou com a minha leitura do livro da Andressa. É tão fácil julgarmos as pessoas pelo que elas fazem, dizem, e até se vestem, mas Deus sabe o que está por traz de tudo isso, Ele conhece um lado das pessoas que ninguém mais conhece, as vezes nem elas mesmas. Sejamos misericordiosos…

Na fé.
– See more at: http://blogs.universal.org/cristianecardoso/pt/a-vontade-de-compartilhar/#sthash.KSJQlxIs.dpuf

Deixe o seu comentário

Ou preencha o formulário abaixo.

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *