Audio: Buscando problemas aonde não tem

“Então, os vizinhos e os que dantes o conheciam de vista, como mendigo, perguntavam: Não é este o que estava assentado pedindo esmolas? Uns diziam: É ele. Outros: Não, mas se parece com ele. Ele mesmo, porém, dizia: Sou eu. Perguntaram-lhe, pois: Como te foram abertos os olhos? Respondeu ele: O homem chamado Jesus fez lodo, untou-me os olhos e disse-me: Vai ao tanque de Siloé e lava-te. Então, fui, lavei-me e estou vendo. Disseram-lhe, pois: Onde está ele? Respondeu: Não sei. Levaram, pois, aos fariseus o que dproblema_cdaantes fora cego. E era sábado o dia em que Jesus fez o lodo e lhe abriu os olhos. Então, os fariseus, por sua vez, lhe perguntaram como chegara a ver; ao que lhes respondeu: Aplicou lodo aos meus olhos, lavei-me e estou vendo. Por isso, alguns dos fariseus diziam: Esse homem não é de Deus, porque não guarda o sábado. Diziam outros: Como pode um homem pecador fazer tamanhos sinais? E houve dissensão entre eles. De novo, perguntaram ao cego: Que dizes tu a respeito dele, visto que te abriu os olhos? Que é profeta, respondeu ele.” (Jo.9:8-17)

Veja que o homem cego foi curado, e as pessoas, ao invés de procurarem o autor da cura, levaram-no aos fariseus, questionando o que sucedera. Procurando motivo de acusação, levaram ao “pé da letra” o costume do sábado, dia em que os judeus não exercem qualquer tipo de atividade. Procuram cumprir a “lei”, mas não por temor a Deus. Pelo contrário! Se existisse temor, ficariam felizes ao testemunhar a cura daquele homem.

Muitas vezes, é o que sucede… Você, internauta, questiona certas coisas e procura saber o porquê de determinadas situações. Deus pede-lhe algo e pergunta: “Porquê?!” Ou acontece-lhe alguma coisa fora do “normal” e imediatamente questiona o motivo. Não entende…

Já me aconteceu, em várias situações, eu não entender o que Deus queria, mas quando eu O reconheço como Autor da minha vida e tenho confiança que Ele sabe o que é melhor para mim, então não existe desconfiança quanto ao que Ele faz.

Os fariseus tinham inveja porque Jesus fazia o que eles não conseguiam. Jesus curava e eles não! Acompanharam aquele homem cego, mas quando ele foi curado, tornou-se, para eles, um problema!

Por exemplo, há pessoas que já foram libertas das drogas, e que, enquanto consumiam, não havia tanto problema – para os de fora – como no momento em que aceitaram servir Aquele que os salvou.

Tem que usar a sua fé inteligente, pois a fé emotiva pode ser manifesta a qualquer momento, uma vez que somos seres humanos e “sentimos” medos, insegurança… Os fariseus, religiosos da época, temiam muito o Senhor Jesus. E quando se teme em extremo, procuram-se problemas onde não existem, seja por inveja ou medo. Prevalecendo os sentimentos, há consequentes reações de “ataque”. Por exemplo, quando inveja alguém, como uma mulher muito bonita, com um corpo lindo, cabelos, olhos, a pele… uma beleza admirável. Quando se compara a ela, começa a desprezá-la, a dizer que não é bonita, mas, no fundo, a admira. São problemas que acarreta, consequência dos sentimentos que alimenta.

Ninguém escolheu a sua pele, olhos e cabelo. Nascemos da forma que fomos formados. Por isso, não tente eliminar o que é inteligente; e se a pessoa é bonita, porque a ignora? Se ela tem algo para dar ou se Jesus a curou, porque está a “encrencar”, perguntando, desconfiando e invejando, quando, no fundo, há um resultado positivo desejado por todos?!

O problema é que não foi você a fazer e, por isso, acaba por invejar. Veja como o ser humano é mau! Você pensa que é “boazinha”, que é uma boa pessoa? Nós pensamos isso de nós mesmos, de facto! Mas o Senhor Jesus disse que bom, é o Pai!

Nunca mais me esqueço de alguém me ter dito: “Bom é quem está nos céus!” Aquilo despertou-me e abençoou e, realmente, bom é Jesus, é Deus, por isso é que existe a necessidade de sermos salvos. Se está a desenvolver a sua fé, saiba que vai alcançá-lo, não pela sua própria capacidade, mas porque precisamos e dependemos de Deus, exatamente por não sermos bons.

Não crie problemas onde não existem! Se, por exemplo, detecta agora uma inveja relativamente a alguém, que tem caraterísticas que lhe faltam, não reaja de forma errada, porque trará problemas para si, através dos maus olhos, e não estará a agradar a Deus, atraindo trevas – o diabo – para a sua vida.

Muitas pessoas ficaram endemoninhadas por terem trocado Deus pelos maus olhos. Não seja assim. Seja nobre de espírito!

Aguardo o seu comentário. Fico muito grata pela sua participação.

Se tem apresentando um espírito ansioso, religioso, invejoso, medroso, há como mudar essa história: Obedecendo e submetendo-se à Palavra de Deus, que traz vida!

Viviane Freitas

Tags: ,

Deixe o seu comentário

Ou preencha o formulário abaixo.

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *