Audio: O Interesseiro na Obra De Deus

“Eu sou o bom pastor. O bom pastor dá a vida pelas ovelhas. O mercenário, que não é pastor, a quem não pertencem as ovelhas, vê vir o lobo, abandona as ovelhas e foge; então, o lobo as arrebata e dispersa.O mercenário foge, porque é mercenário e não tem cuidado com as ovelhas.” (Jo.10:11-13)

interesseiro_obra_cda

Se não sabe o que significa mercenário, é aquele que trabalha ou serve apenas por dinheiro; que é movido por interesse pessoal e material. Aqueles que por exemplo, estão nessas “lojas evangélicas”, supostas “igrejas”.

Quem dá a vida pelas ovelhas não foge ou é corrupto por detrás do púlpito, não adultera, mente, engana, rouba. O enganador, ainda que esteja no nosso meio, mesmo no altar, cedo ou tarde se revelará! Na Igreja Universal nós não permitiremos um indivíduo que usa uma máscara diante do povo… que fala e não vive. Há um compromisso com aquele que serve no Altar e este é sério! Não estamos a lidar com uma profissão, mas com pessoas, com “almas”, com as quais se exige verdade, não apenas nas palavras mas através daquilo que se vive.

O mercenário não ama as ovelhas mas abandona-as. Quando vem o “lobo”, caraterizado pelos seus desejos carnais, abandona o compromisso de ser sério – uma pessoa fiel – para adulterar, mentir, enganar, usar drogas… seja o que for. Este não é o bom pastor!

Jesus é o bom pastor e permanece ligado a Ele quem vive uma vida santa, regrada, verdadeira, sem mentiras e enganos. Eu falo convosco, através do áudio do Blog, sem máscaras! O nosso prazer não é largar ou abandonar a “ovelha”, mas lutar pela mesma. E isto, sendo verdadeiros!

E assim como o pastor, aquele que está no Altar, tem que viver uma vida regrada, separada, temente a Deus, assim também você deve viver. Porquê? Porque tudo o que diz pode ser o máximo de correto, perfeito, mas se você não é fiel, não tem temor, é mentirosa, enganadora, então todas aquelas palavras serão contra si e lhe servirão de condenação!

Mesmo que não esteja diretamente no Altar, tem os seus familiares, as pessoas que trabalham diretamente consigo e talvez aja de uma forma em que, claramente, “curte” os seus desejos, a lascívia, dissenções, gosta de falar mal dos outros… Na Igreja ora, pede a Deus direção, mas age exatamente de forma oposta às palavras que dirige a Deus. Não tem nenhum compromisso com Ele! Então, trabalha e serve pelo seu próprio ventre, interesse pessoal e prazeres carnais.

Eu não sei se você que me ouve, vai ao Facebook, fica a conversar com rapazes, entra para dizer “olá, tudo bem?”, mas o seu objetivo é ficar de “conversa fiada” e não para evangelizar ou procurar respostas. E se realmente precisa de respostas, porque não procurar um pastor, a esposa, uma obreira… porquê um membro, uma pessoa “bonitinha” e agradável?! Eu não sei amiga… a boca fala do que está cheio o coração. Mas quero apelar à sua razão. Não estou aqui para a agradar, mas para lhe dizer a verdade, pois é esta que liberta. Eu não sei quais são as suas atitudes e o que alimenta dentro de si, mas se alimenta algo relacionado com uma emoção, com os seus prazeres, a sua oração é superficial. Não está a ser verdadeira.

Talvez lute pela sua família, trabalho e por todas as áreas, mas é uma pessoa totalmente descompromissada por Deus, pois as suas atitudes falam acerca do que prioriza.

Não estou aqui para acusá-la, mas para conduzi-la à Verdade. E se realmente a aceita e reconhece as suas falhas, tome uma atitude! Ou então, se não há nada que a acuse, amén… vá em frente! Lute sempre pela verdade, seja sincera e dê a vida por Jesus.

Aquilo que Deus quer não é o seu dinheiro, mas toda a sua vida, os seus sonhos, vontades, ser completamente flexível para agradá-Lo, e isto para seu próprio benefício!

Até segunda-feira!

Viviane Freitas

Deixe o seu comentário

Ou preencha o formulário abaixo.

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *