Divertir com a Decoração

964212a1631f1f86398caf8379edf7b0

Sabe quando a decoração de algum ambiente está toda da mesma cor?

Há ambientes de trabalho que eu encontro que não foram escolhidos por mim. E às vezes fico sem ideias na seleção de cores que devo investir para implementar o ambiente.

No meu caso, existe um escritório onde o chão é preto, a mesa do escritório é preta, o armário da mesma cor, e a parede branca.

O que fazer então?

Para não gastar com móveis novos, eu invisto nos acessórios de decoração do ambiente, para clarear e trazer alguma vida.

Então eu vi este ambiente na loja, que me deu a ideia de onde investir:

  • 2 Almofadas de listras vermelhas e brancas;
  • 2 Almofadas de listras: 1 vermelha e bege e outra azul e bege;
  • 1 Almofada vermelha lisa;
  • 1 Almofada amarela e bege.

Veja que também os abajures dão uma riqueza ao ambiente.
E o tapete faz uma definição do mesmo.

Veja que as cores são “fortes”, estilo “marinho”: azul, vermelho, amarelo e branco. Não há nenhuma mistura de cores “pastel”.

Porque o digo?

Para que entenda que as cores separam estilos.

Eu não sabia o que fazer nestes lugares, que já encontrei assim. Então quando eu vi essa decoração na loja, tive que tirar uma foto para fazer uma “cópia”.

Repare e aprenda a investir nos ambientes onde costuma estar ou receber pessoas.

Eu amei essa ideia e diverti-me nos acessórios, e ao mesmo tempo aprendendo.

Mas quando eu assumo a minha fé, priorizo, deteto por mim mesma, e tenho precaução com o meu corpo, com a minha vida, com a estadia aqui nesta terra, tendo uma conduta como está escrito e como deve ser, então aqueles sentimentos serão apenas por minutos, só por alguns dias, mas não ficam por toda a vida! Um dia, dois, uma semana… Não se prolongam por meses ou anos!

Isso revela-nos que tipo de consideração e fé eu tenho para com Deus! Quando tem esse temor e zelo para com a sua fé, com a sua crença, com a sua conduta, com as reações e pensamentos, revela para Deus, para si e para o diabo, que tipo de fé, mensagem e que pessoa você é diante daquilo que já ouviu da Palavra de Deus. E como ser humano, como têm sido as suas reações? Decide cortar o mal pela raiz?

Quer dizer, se existe esse zelo, então está a dizer para si, para o diabo e para Deus: “Olha Deus, eu priorizo a Sua Palavra, não aceito viver sendo levada pelos meus sentimentos! Não aceito que o Senhor olhe para mim e veja uma pessoa fraca, sendo que o Senhor prometeu uma fé que faz vencer as barreiras, os obstáculos que estão diante de mim!”

Há uma certeza! Essa fé é uma certeza, força, há uma convicção no Deus que serve, não existe medo, receios… Vê que uma coisa tão simples “aparentemente”, mas que diz muito a respeito de José e da sua crença em Deus, por intermédio das promessas feitas a Abraão.

As palavras ditas a Abraão estavam guardadas dentro dele; passaram-se anos, ele já estava velhinho e nos seus últimos dias de vida, mas não deixou de crer, não esmoreceu perante as conquistas ou dificuldades, onde parecia que Deus se havia esquecido dele: Estava sozinho, os seus irmãos foram os seus piores inimigos, a luta com os seus sentimentos de ter que viver longe do seu pai e da sua família. Diante de tudo isto, José não perdeu a fé em Deus! Não mudou o seu caráter e foi fiel!

Minha amiga internauta, eu digo: “Parabéns para si José!” – Ele não me ouve aqui, agora, mas dou-lhe os parabéns por essa fé! E se você tem essa mesma fé, não tem medo de arriscar, trás ordem e disciplina para a sua vida. Faz propósitos em favor disso.

Nós estamos com a grande oportunidade da Campanha de Israel!! Tem como trazer à existência esta fé real e verdadeira através da materialização da sua crença, depositando toda a sua vida no altar! É a sua grande oportunidade!!

Coloque tudo para fora, não guarde o seu passado, as palavras ou tristezas vividas. Por vezes, quando dá testemunho até chora, venceu mas isso acontece porque volta atrás. Mas quando se fala da fé, das coisas que foram vencidas, fala alegre com júbilo! Ou seja, quando existe fé, existe alegria, certeza e paz. E sabe que mais? Uma definição! Veja o que José referiu: “Não quero que os meus ossos fiquem aqui no Egito!” A minha vida aqui na terra, o meu corpo, não quero que fiquem aqui… não vou permitir que os meus sentimentos dominem. “Ah porque você é ser humano, sente, isso é normal!”

É normal sentir por um “pouquinho”! Mas viver com isso, não! Não vou aceitar e deixar isso permanecer na minha vida.

E você tem que ser assim, internauta! Seja definida na sua fé, decidida quanto ao que tem de resolver! Se está a passar por um momento difícil, não basta ficar apenas murmurando, tem que resolver a questão. Como? Afastando os seus sentimentos, a dúvida, o medo, dando “ordens” ao que tem que fazer por intermédio da sua própria fé.

Eu espero que tenha entendido, é a minha fé e quero transmiti-la a si, mas para isso, para recebê-la, tem que comprá-la. Como? Pagar? Não! Sabe o que tive que fazer para ter esta fé? Tive que me desfazer de coisas “caríssimas” para mim. O que eram? Coisas que eu guardava, um refúgio, uma proteção, e pensava que isso era meu, direito meu! Tive que me desfazer de tudo!! Você tem essa oportunidade de se desfazer de tudo e entregar tudo no altar.

Quer essa fé? Quer ser uma pessoa forte? Quanto mais se render, se entregar, vai ficar menos pesada… mais leve se torna. O segredo é deixar tudo para trás e colocar diante de Deus.

Um grande abraço! Deixe aqui o seu comentário, é muito bom lê-lo e saber como se encontra. Como eu fico feliz!

Até para a semana…

Viviane Freitas

Deixe o seu comentário

Ou preencha o formulário abaixo.

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *