Enxergue a verdade dos olhos

enxergue-a-verdade-dos-olhos

Dizem que nossas expressões faciais falam muito mais que nossas palavras, e eu creio nisso por experiência própria.

Não consigo fazer cara de paisagem diante de algumas situações. Por exemplo, se ouço algo que me assusta, meus olhos se arregalam. Se escuto algo que tenho dúvida, franzo logo a testa. Se não sei o que fazer, levanto a sobrancelha… E assim por diante. Minhas expressões faciais falam tudo sem eu precisar dizer uma só palavra. E você deve ter as suas e nem sabe, rs!

Mas, nada entrega mais facilmente o interior do ser humano que os olhos. Eles são considerados as janelas da alma. Certa vez o Senhor Jesus disse: “São os olhos a lâmpada do corpo.”( Mt 6.22) Se eles são bons, a luz entra por eles, e ilumina a vida; mas, se forem ruins, toda alma estará em trevas.

O contato visual é fundamental para nos relacionarmos com as pessoas.

Impossível conversar com alguém sem olhar nos olhos.

Deixar de olhar nos olhos da pessoa com quem estamos conversando pode significar muitas coisas, como:

*Você pode estar escondendo algo ou tem medo de algo;

*Você é tímido ou inseguro;

*Você não considera o que está sendo dito.

O olhar pode mostrar respeito, sinceridade e inspirar muita confiança, mas também pode revelar desprezo – como quando se mede o outro de cima a baixo com ar de superioridade, por exemplo.

O olhar pode sorrir, brilhar e contagiar. Mas pode chorar, até se apagar.

Homens e mulheres não seriam tão enganados se não desprezassem tanto o olhar. O corpo, o cabelo, o cheiro, humm… Nada pode ser mais encantador e revelador que o olhar.

Olhamos para tanta coisa e não olhamos para os olhos, que nos falam mais que uma multidão de palavras.

Confirme a veracidade das palavras ouvidas no olhar, e então haverá menos espaços para segredos.

Enxergar e ver, são verbos bem diferentes. Visão perfeita, não é garantia que você realmente vê, o que deve ser visto.

Vamos praticar?

Até a próxima semana!

Siga-me instagram.com/nubiasiq

Siga-me facebook.com/nubiasiq

Colaborou: Núbia Siqueira

Deixe o seu comentário

Ou preencha o formulário abaixo.


O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *