Os 4 comportamentos

IMG_7232Eu aconselho e ensino pessoas há 25 anos, desde a época em que eu não sabia que eu precisava de conselho também, mas uma coisa que eu aprendi com esse trabalho todos esses anos é que existem praticamente 4 comportamentos do ser humano:

  1. O primeiro comportamento é o ideal e como você já pode adivinhar, é da minoria: a pessoa que previne problemas. Não é que ela não vá passar por eles, mas ela é o tipo de pessoa que fará de tudo para previnir e não remediar. Se ela sabe que muitas pessoas morrem por acidente de carro, ela é cautelosa no dirigir, usa sempre o cinto de segurança, e não gosta de brincar no trânsito. Ela já tem uma predisposição para cuidar de sua saúde, é o tipo de pessoa que faz exames e limpeza dentária de uma à duas vezes ao ano. Se ela vê que as roupas estão começando a ficar apertadas, ele logo fecha a boca. Essa pessoa dá valor à instrução, ao bons ensinamentos, e tudo que lhe vêm como alerta. Ela não precisa errar para aprender e por isso aprende muitas vezes com os erros dos outros.
  2. Já o segundo comportamento precisa passar vergonha para aprender. Alguém tem que chamar sua atenção, alguém tem que estar sempre no seu pé, e por vezes ela tem que passar por constrangimentos para então dar valor aos aprendizados que ela se esqueceu de por em pratica. Essa pessoa não aprende com os erros dos outros, ela leva a vida de uma forma meio aérea… chega a irritar. É o tipo de pessoa que só aprende quando o seu erro é exposto e todo mundo fica sabendo para sua humilhação. Mas as vezes nem isso é capaz de fazer uma pessoa mudar…
  3. É por isso que o terceiro comportamento ainda é mais comum que o segundo, é quando a pessoa só aprende com a dor. Sim, essa precisa literalmente sofrer ou perder para aprender. Isso é o que mais vemos na Igreja, pessoas que vem para Deus pela dor. Enquanto a pessoa suportar, ela não se importa com o vexame ou a perda de dinheiro e tempo… mas quando ela começa a sofrer, literalmente sentir dor, aí ela corre para Deus. Mas esse não é o pior tipo de comportamento, até porque pelo menos essa pessoa chega a um limite e desiste de ser cabeça dura. O pior mesmo é o último comportamento…
  4. A pessoa que não aprende nem com a vergonha nem com a dor. Ela vai se afundando na vida até não ter mais o que fazer para se ajudar. Esse tipo de comportamento é o que leva as pessoas ao inferno.

É possível mudar de comportamento, basta você reconhecer e fazer por onde. Fazer por onde é mudar justamente aquilo que lhe faz desse jeito. Se você precisa passar vergonha ou sofrer para aprender, comece a aprender sem precisar que outras pessoas lhe ensinem – busque aprender, busque conhecer, busque mudar e se enxergar. Não é isso que fazemos em nossas palestras semanais da Terapia do Amor às quintas 20h e Transformação de Pais e Filhos aos domingos 18h no Templo de Salomão?

Já você que reconhece que não aprende nem pela vergonha nem pela dor, preste atenção: se você não decidir mudar hoje, amanhã pode ser tarde demais para você. Nem todo mundo consegue uma segunda chance.

Qual tem sido o seu comportamento?

Deixe o seu comentário

Ou preencha o formulário abaixo.

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *