Quem é Verdadeiro Discípulo

“Disse, pois, Jesus aos judeus que haviam crido nele: Se vós permanecerdes na minha palavra, sois verdadeiramente meus discípulos; e conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará.” (Jo.8:31)

Para ouvir este áudio, é porque está interessado nas coisas de Deus e existe em si uma crença. Mas não basta apenas crer. O Senhor Jesus disse aos judeus que criam n’Ele: “Se vós permanecerdes na minha palavra …”. Há uma condição para permanecer na crença; o crer requer que sejamos constantes, firmes na Palavra do Senhor Jesus. discipulo_cada

Na realidade, Deus observa que, muitas vezes, guardamos o passado. Somos conduzidas pelos traumas ou palavras que nos machucaram; situações às quais, talvez, estejamos apegadas, sem dar conta. E quando existe uma crença em Deus esta exige que creiamos n’Ele, e não naquilo que se passou.

Eu posso crer em Jesus, professar, pregar a respeito d’Ele, mas se como cristã, não permaneço nas palavras e ensinamentos que Ele me deu, os quais consistem em guardar o meu coração, os meus olhos, não viver ansiosa, etc., serei dominada pelas circunstâncias.

Se, por outro lado, revelar a crença, confiança, segurança e dependência na Sua Palavra, então, aquele passado ou palavras que me feriram, não me causarão dano algum, mas serão passageiros, porque permanecerei naquilo que disse o Senhor Jesus, e não me basearei em circunstâncias.

E isto exige de mim ser constante e vigilante, relativamente ao que estou a sentir, a viver, como estou a agir.

Quando permaneço em Jesus e expulso todo e qualquer sentimento que vou encontrando no caminho, tenho a capacidade de me desfazer disso, a partir do momento que permito que a Sua Palavra me lave. Eu assumo a condição que o Senhor Jesus me ensina. Desta forma, torno-me verdadeiramente seu discípulo. Não agirei pelo meu impulso, mas vou-me disciplinar; expulsar aquilo que quero sentir ou “defender”, para permanecer na Palavra do Senhor Jesus.

“…e conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará.”

Muitas pessoas crêem que a verdade é unicamente para quem precisa de libertação, mas não é assim! Na realidade, passamos a conhecer a verdade quando permanecemos na Palavra de Jesus. Aí sim, a conheceremos.


“Então quer dizer que eu, que ainda tenho maus olhos, ainda me quero justificar, sou ansiosa, egoísta e orgulhosa, vou conhecer essa verdade, e esta vai libertar-me?”
Precisamente! O saber a verdade não é para a ofender, mas para libertar. Então, ao longo dos dias que meditar e encontrar situações a seu respeito, não desanime, não se sinta ofendida ou inferior. Deve sentir-se valorizada, porque a verdade vai fazê-la reagir da forma correta. Vai ter noção do “estrago” interior que nutria e, agora, sabendo a verdade, lutará contra isso. Fará “Guerra” contra os seus sentimentos e vai libertar-se através da materialização da crença no Senhor Jesus.

Gostaria que vocês, internautas, escrevessem a esse respeito. Deixe um pequeno comentário (Todos os comentários estão sujeitos a aprovação, por isso é que não ficam imediatamente visíveis).

À medida que comentar e disser o que está a viver, e o que pensa, permite que eu a conheça. Diga o que está a acontecer dentro de si, e teremos o prazer de ler e de vos seguir, acompanhando os vossos comentários.

Tenha objetivo, seja constante e permaneça. Tenha um horário definitivo para ouvir os audios. Após, faça a sua oração e materialize o que está dentro de si.

Um grande abraço. Estaremos de volta na segunda-feira.

Viviane Freitas

Tags:

Deixe o seu comentário

Ou preencha o formulário abaixo.

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *