Servir (2ª Parte)

servir2parte-825x325

Há várias formas de servir, conforme explicámos no post anterior, mas nem todas são aceites por Deus.

A pessoa que evangeliza, atende o povo, é ativa na Igreja, não é que esteja a fazer algo de errado. Mas de que forma isso flui de dentro de si?

Se você é anulada, isto é, a sua fé não é ativa, o seu atendimento transmite apenas a consciência da Palavra de Deus, mas não a Vida que tem a Palavra de Deus! Você não está a servir. Está a fazer a “Obra” como os fariseus:

“Fariseu cego! limpa primeiro o interior do copo e do prato, para que também o exterior fique limpo. Ai de vós, escribas e fariseus, hipócritas! pois que sois semelhantes aos sepulcros caiados, que por fora realmente parecem formosos, mas interiormente estão cheios de ossos de mortos e de toda a imundícia.
Assim também vós exteriormente pareceis justos aos homens, mas interiormente estais cheios de hipocrisia e de iniqüidade.”

(Mt.23:26-28)

Esta sujidade que a Palavra de Deus menciona, é quando você ignora o fato que tem o dever de corrigir os seus erros, por achar que todo o mundo erra! Então você tolera os seus pecados, convive com eles e quer aparentar uma santidade.

Muitos, após terem recebido o Espírito Santo, parece que não têm que buscar mais a sua salvação, porque sentem que já estão salvos e não precisam de a manter. Pensam apenas que devem ajudar os demais e não a si mesmos.

O servir começa em mim, para depois o exteriorizar!

Continua na próxima semana.

Deixe o seu comentário

Ou preencha o formulário abaixo.


O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *