Noticia

A quem vamos dar atenção?

A oração constante tem poder, mas nunca devemos esmorecer domingodemanha

No passado dia 02 de novembro, às 9h30, realizou-se, na Sede do Centro de Ajuda na Europa, em Chelas, a reunião denominada de “A Hora do Milagre”. A palestra foi presidida pelo bispo Júlio Freitas e estiveram presentes centenas de pessoas.
O bispo deu início à reunião, determinando a cura e a libertação dos oprimidos, fazendo também questão de realizar uma oração especial pelas famílias e por todos os casais presentes.
O bispo Júlio Freitas ensinou a todos sobre a necessidade de orar incessantemente pela instituição família.

“Orar, lutar pela família não é fácil, e falo por experiência própria. Houve orações que eu fiz, que só vi a resposta física depois de 10 anos. Mas nunca duvidei e sempre lutei pela minha família – irmãos, primos, familiares próximos e distantes – e Deus nos honrou. E houve outros casos pessoais, como filhos meus por quem eu orei durante 15 anos. E parece que quanto mais orava, pior ficava. Mas é aí você e eu temos que decidir a quem vamos dar atenção: ao gerador do problema ou a Quem vai resolver o problema – a Deus. E quando você desiste, desanima, renega, blasfema e atira a toalha, você deita a perder tudo o que fez de certo até então. E isso você não pode fazer! Quem é de Deus, não desiste. Jesus falou do poder da oração constante, que não devemos esmorecer, porque a seu tempo receberemos a recompensa”, afirmou o orador. _MG_6413

Às vezes, parece até que não está a dar resultado. Mas só parece! Pode ter a certeza, Deus está a fazer a parte d’Ele. Se estamos a fazer a nossa parte, é impossível que Deus não faça a Sua!

Segundo as Escrituras Sagradas, temos que exalar o perfume de Cristo. Assim, no próximo domingo, dia 9 de novembro, às 9h30, traga o seu perfume e de um familiar que, infelizmente, ainda não está na Fé, mas que um dia estará e também exalará o perfume de Cristo.

NA SEDE DO CdA NA EUROPA:
Rua Dr. José Espírito Santo, nº 36 – Chelas (próximo da estação de metro)

Deixe o seu comentário

Ou preencha o formulário abaixo.

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *