Abraão, um homem de palavra

_MG_1100Mesmo sendo incrédulo, pagão, idólatra… Abraão foi fiel a uma mulher, Sara. Ele honrava a sua palavra! E esse é o segredo de Abraão

Qualquer pessoa inteligente vai quer ter um referencial que vai projetar a sua vida para o futuro. No que diz respeito à Fé, nada é mais importante do que você mirar em Abraão. E porquê? Porque Abraão foi a própria bênção na Mão de Deus! Onde quer que chegasse, andasse, morasse, ele era a bênção. Abraão não precisava buscar a bênção, ele era a própria bênção! Que é o projeto que Deus tem para todos, Deus quer que você seja a bênção!

Foi esta a primeira grande verdade que o Bispo Edir Macedo revelou aos milhares que o escutavam na manhã de domingo, dia 28 de dezembro, na sede do CdA na Europa, localizada em Chelas.

“Existem coisas na vida de Abraão que temos que observar, para que você possa ser a própria bênção, a exemplo de Abraão, você também tem que fazer e ser do mesmo jeito que Abraão fez e foi. Abraão nasceu numa família pagã, idólatra. Então, como veio a ser o grande Abraão? Como é que de um idólatra, ele se tornou a própria bênção?” – perguntou o Bispo, acrescentando que Abraão abandonou os ídolos por conta de um problema, a sua esposa Sara era estéril.IMG_8501

Mas, qual foi o critério que Deus usou para escolher Abraão e fazer dele uma grande nação? “Quando Abraão casou com Sara, assumiu um compromisso com ela. Ele era incrédulo, idólatra e um grande pecador? Sim, era! Mas, independentemente dos seus muitos pecados, Abraão empenhou a sua palavra para com Sara e manteve a sua fidelidade. A sua palavra perdurou por todo o tempo em que esteve com ela, cerca de 40 anos” – afirmou o orador.

Se quer conhecer uma pessoa, avalie as palavras dela. São os detalhes que fazem a diferença no caráter da pessoa, por isso, honre a sua palavra! Deus só trabalha com a palavra, Ele exercita os Seus milagres, as Suas maravilhas, com a palavra. Tudo foi feito por meio da Palavra! Jesus é a Palavra, o Verbo encarnado.

“A Palavra carrega Espírito! Se você fala a Palavra da Verdade, a sua palavra carrega o seu espírito, a sua honra, o seu caráter. E quando você fala da Palavra de Deus, no mínimo tem que ter a mesma hombridade. Abraão viveu 175 anos e morreu em ditosa velhice, sendo a própria bênção! Agora, você sabe por que é que uns são abençoados e outros não são abençoados, essa é a diferença: a palavra! Está escrito em Provérbios que na nossa boca está a palavra de vida ou de morte” – concluiu o Bispo Macedo.

Deixe o seu comentário

Ou preencha o formulário abaixo.

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *