Noticia

Cuidado: a grosseria é contagiosa

GrosseriaContagiosa

Como você se relaciona com seus colegas de trabalho?

Saiba que o seu comportamento, tanto o positivo como o negativo, pode ser contagioso. Pelo menos é o que defende um estudo da Universidade da Flórida: a grosseria, conduta analisada pelos pesquisadores, pode ser tão contagiosa em um ambiente de trabalho quanto uma gripe, por exemplo.

Para chegar a essa conclusão, o comportamento de um grupo de funcionários que trabalham com negociações foi analisado durante sete semanas. Cada vez que um deles percebia que a pessoa com a qual estava negociando era rude, a grosseria que havia recebido era transmitida na negociação seguinte.

Já outro estudo, relizado por pesquisadores do Conselho Sueco de Pesquisas de Saúde, Vida, Trabalho e Bem-Estar, concluiu que a grosseria é o tipo de comportamento que mais causa insatisfação entre os empregados e que, caso não seja controlada, tende a se espalhar por todo o ambiente de trabalho.

Como combater?

Problemas como bullying e assédio moral já passaram a ser amplamente combatidos nos ambientes profissionais, mas a grosseria, por ser mais sutil, ainda não. De acordo com o estudo norte-americano, até 98% dos trabalhadores relataram que já viveram uma experiência de grosseria e 50% dizem que enfrentam esse problema toda semana no ambiente corporativo.

Contra a grosseria, o melhor remédio é a cordialidade. Quando o tratarem com desrespeito ou você receber comentários rudes de seus colegas de trabalho, devolva com um sorriso, quebre essa corrente de rispidez e ajude a construir um bom ambiente. Se a grosseria é contagiosa, a harmonia também tende a ser.

Deixe o seu comentário

Ou preencha o formulário abaixo.

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *