Doar muito mais do que uma gota

São as atitudes altruístas que dizem muito sobre nós. É por isso que quem doa sangue, um ato solidário e do mais elevado grau de altruísmo, é tão admirado pela população em geral

Saíram das suas casas, num dia conhecido como de descanso, e rumaram ao Cenáculo de Lisboa, com um único objetivo: doar parte do sangue que lhes corre nas veias. Mais de 40 pessoas fizeram-no de forma completamente altruísta, pois não só têm conhecimento da escassez que costuma caracterizar este departamento da Saúde, como quiseram fazer alguma coisa para tentar colmatar esta lacuna.

Para tal, seguiram o procedimento habitual quando se trata de doar sangue: preencheram o questionário para possíveis doadores, foram consultados pelo profissional de Saúde e, se aptos para o efeito, foi-lhes extraído o elemento tão vital para o ser humano de uma forma generalizada.

O Centro de Ajuda, coadjuvado pelo seu braço Social, o Coração de Ouro, procede as estas doações de forma habitual, pois, em parceria com o Instituto Português do Sangue, elaborou um mapa anual de colheitas, nos diversos CdAE’s, onde todos os membros e habitantes locais são convidados a comparecer e a doar. No sábado, dia 10 de dezembro, coube à sede de Lisboa, movimento ao qual a população atendeu de forma satisfatória.

Deixe o seu comentário

Ou preencha o formulário abaixo.


O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

1 comentário

Alcione dos Santos Maia Responder 19 Dezembro, 2012 às 12:12

muito obrigado o que tem feito por mim e minha familia