Notícia

Novo ano letivo

school

Vai começar mais um ano escolar, sendo esta uma área bastante polémica, pois os vários ministros e ministras da Educação são sempre muito contestados, visto terem de gerir um setor muito complexo, do qual depende o futuro do país.

Em Portugal existem sempre grandes mudanças em áreas de fundo, tais como a educação, os transportes, a saúde e a comunicação, mas para que estas possam acontecer basta apenas que num ato eleitoral mude a cor do partido que vai ficar no poder. Uns partidos consideram que os estudantes têm de ser superprotegidos; já outros que o nível de exigência deve ser maior, que as turmas devem ser menores ou maiores; enfim, um sem número de princípios ideológicos, mas que, no fundo, apenas servem para baralhar todos, desde os professores aos alunos, auxiliares de educação e pais, uma vez que os efeitos práticos são muito poucos.

O fim do ano letivo anterior mostrou toda a insatisfação dos docentes, com várias greves, inclusive algumas delas colocaram mesmo em causa os exames. Já para não falar das manifestações de estudantes. Isto quando a maior preocupação de todos os envolvidos deveria ser a de que o ensino venha a ser mais eficaz e eficiente, que os profissionais do futuro estejam mais preparados para os desafios do mercado de trabalho e sejam cada vez mais competitivos.

Neste novo ano letivo parece-me que a relação entre os docentes e o ministério irá viver momentos muito conturbados, pois muitos professores vão ser dispensados. E só espero que os alunos não sejam usados como “escudos humanos”, pois neste processo são os que menos culpas têm.
Uma boa formação académica e profissional não depende apenas dos professores, mas, em primeiro lugar, dos próprios alunos, pois se estes não se quiserem aplicar de nada vale terem um bom professor à sua frente. Claro que também depende do empenho dos docentes para cativar os estudantes
a quererem aplicar-se e aqui também entra a importância dos encarregados de educação, os quais devem transmitir os valores do respeito e educação aos seus educandos.

Por isso, para todos os estudantes, docentes ou encarregados de educação, os meus votos são de que este seja um excelente ano letivo, onde cada um consiga alcançar os objetivos a que se propõe.

João Filipe
Diretor – Folha de Portugal

Deixe o seu comentário

Ou preencha o formulário abaixo.

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *