Fé Teórica vs Fé Obediente

 sky

O que ficou mais evidente na Fé de Abraão?

O que mais ficou evidente na Fé de Abraão foi a sua obediência à Palavra de Deus. Ele não apenas acreditou na Palavra de Deus, mas, sobretudo, agiu a sua crença através da obediência (Hebreus 11.8; I Pedro 3.6).
Não se pode confiar na fé dos desobedientes ou rebeldes à Palavra de Deus, porque a verdadeira crença em Deus exige obediência à Sua Palavra.
A fé cristã, se for teórica, será como qualquer crença pagã, e jamais tornará possível o cumprimento das promessas do nosso Deus. A vida abundante prometida pelo Senhor Jesus (João 10.10) não pode ser requerida por quem não a pratica. Se quisermos o cumprimento ou a materialização das Promessas de Deus, primeiro teremos de cumprir ou materializar a nossa fé nos Mandamentos Divinos. É como a Parábola ensinada pelo Senhor Jesus (Mateus 7.24-27; Lucas 6.48-49): A construção sobre a rocha é bem mais difícil e exige muito mais sacrifício do que a sobre a areia. Mas, uma vez a casa construída sobre a rocha, jamais correrá o risco de ser destruída. Mesmo diante de tempestades, rios e ventos, ela subsistirá para sempre. Já o mesmo não ocorre com aqueles que não praticam a sua crença na Palavra de Deus. Mais cedo do que pensam, virá a destruição.
A Fé sem ação é como um corpo sem espírito (Tiago 2.26). Para nada serve a crença na Palavra de Deus sem a sua prática. Abraão colocou em prática a sua crença em Deus, quando obedeceu à Sua Palavra.
O mundo incrédulo ensina: “ver para crer”; mas a Bíblia ensina “crer para ver”. Assim foi a fé de Abraão.

O que Abraão deve ter sentido para obedecer à Palavra de Deus?

Ele não sentiu, apenas pensou se deveria ou não seguir a Voz de Deus. Se Abraão optasse por seguir a voz do coração, certamente não iria obedecer à Voz de Deus. Mas, usando a sua inteligência, pensou: “há dezenas de anos tenho vindo a viver em busca da realização de um sonho: ter um filho. Deus está a propor-me ser uma grande nação.” (Génesis 12.2).
Só há um jeito de saber se Ele é Verdadeiro e Poderoso para cumprir a Sua Promessa: aceitando o desafio e seguindo a Sua Direção!

Por que motivo Deus não fez de Abraão uma grande nação na sua própria terra?

A primeira palavra dita por Deus a Abraão foi: “sai!”. A sua saída daquela terra, da sua parentela e da casa do seu pai, era imprescindível para que ele não ficasse dividido dentro de si, ou dividido entre dois pensamentos: o de Deus e o dos seus parentes, amigos e vizinhos.
Quem deseja seguir a Voz Divina tem de estar cem por cento disponível para ouvir a Voz de Deus. O Senhor Jesus ensina que não se pode servir a dois senhores (Mateus 6.24; Lucas 16.13).

Deixe o seu comentário

Ou preencha o formulário abaixo.

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *