Notícia

2015, o ano negro do terrorismo

Internacional |

terrorismonaeuropaOs 12 meses do ano passado foram os mais letais na Europa em quase uma década, com os ataques bombistas a sobreporem-se aos tiroteios

O Estado Islâmico (EI) tornou-se na maior ameaça para inúmeros países em todo o mundo e os terroristas têm cada vez mais como alvo cidadãos privados e eventos públicos.

De acordo com o último Aon Terrorism and Political Violence Map, só no último mês o EI matou 32 pessoas na Bélgica, com os ataques bombistas no aeroporto de Zaventem e na estação de metro de Bruxelas.

O Iraque e a Turquia, dois países de onde mais migrantes fogem para a Europa, permanecem como dois dos estados mais perigosos a nível do terrorismo e da violência política.

A Turquia sofreu o pior ataque terrorista da sua história em outubro de 2015, quando 103 pessoas foram mortas por ataques suicidas simultâneos no coração da sua capital, Ankara.

Também o Egipto viu dezenas serem feridos e 224 serem mortos por um ataque bombista da autoria do EI, cometido contra um avião russo que viajava de Sharm el-Sheikh para São Petersburgo.

Buscar a Proteção

Muitos são os perigos que nos rodeiam diariamente e a preocupação com os nossos entes queridos aumenta à medida que nos distanciamos deles. Mas existe uma atitude de Fé que cada um de nós pode e deve tomar: orar pela proteção da nossa família. Ao usarmos esta arma da Fé, estamo-nos a aproximar de Deus e a buscar a Sua proteção para os nossos familiares.

“O SENHOR é bom, é fortaleza no dia da angústia e conhece os que n’Ele se refugiam.”

(Naum 1.7)

Deixe o seu comentário

Ou preencha o formulário abaixo.

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *