Notícia

A pornografia por trás das câmeras

Internacional |

porno_falsoEm um mundo conectado, em apenas alguns cliques é possível que qualquer pessoa consiga ter acesso a conteúdos pornográficos.

Mas poucas pessoas conhecem o que está por trás de uma produção dessas.

A fotógrafa britânica Jo Broughton registrou a realidade dos cenários pornôs e como eles são deixados depois da gravação dos filmes.

Ela trabalhou como auxiliar de limpeza em um estúdio de gravação de filmes pornográficos em 2001, e aproveitou para registrar o ambiente depois que as filmagens terminavam. “Como uma auxiliar de limpeza, eu via os estúdios na luz do dia; limpar a bagunça era um pouco parecido com estar na cena de um crime”, conta ela. A intenção de Jo era mostrar a realidade de um mundo de ilusões por trás das câmeras.

Quando limpava, ela afirma que sentia a vulnerabilidade dos modelos que tinham interpretado as cenas para a câmera naquele dia, e tinha sempre a mesma sensação: “Isso (a indústria pornô) é falso, assim como suponho que seja a pornografia, falsa.”

O mundo da fantasia

Um estudo realizado pela empresa DoubleClick Ad Planner mostrou que aproximadamente 100 milhões de páginas de conteúdo erótico são visitadas todos os dias no mundo inteiro. E os sites pornográficos representam 30% da navegação na internet. A indústria da pornografia tem distorcido os conceitos das pessoas sobre o sexo; as pessoas apelam para uma coisa que é fantasia e querem reproduzir na vida real.

Veja no vídeo abaixo o que o bispo Domingos Siqueira, responsável pelo grupo dos obreiros da Universal no Brasil, fala a respeito do assunto:

Você está viciado em pornografia? Deseja ter outro comportamento mas não sabe como? Ligue agora mesmo para o Amigo24h e receba a orientação que necessita.

Ou procure um Centro de Ajuda mais próximo de sua casa e saiba como livrar-se desse mal.

Deixe o seu comentário

Ou preencha o formulário abaixo.

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *