Notícia

Arqueólogos acreditam ter encontrado Sodoma

Internacional |

sodomAbre.690x460Desde 2005 a equipe de Steven Collins, da Universidade do Novo México (Estados Unidos), estuda um sítio arqueológico no sul do Vale do Jordão, na Jordânia (foto acima).

Segundo Collins, o local é uma “mina de ouro” de estruturas monumentais e objetos antigos: “Eu cheguei à conclusão de que se uma pessoa desejasse encontrar Sodoma, ela deveria procurar a maior cidade que existia nessa área na Idade do Bronze, no tempo de Abrão.”

Durante as investigações foi descoberta uma grande estrutura de construção e torres, além de uma muralha utilizada na defesa do lugar na época.

A região de Tall el-Hammam aparenta ter sido uma das maiores cidades das planícies de Kikkar. Para o pesquisador, a escavação reúne características que se assimilam com a Sodoma conhecida da Bíblia.

Um fator que influencia muito Collins à crença de que Tall el-Hammam trata-se da região de Sodoma é que a arquitetura foi datada próxima ao fim da Idade do Bronze, período contemporâneo aos personagens bíblicos Abrão e Ló. A cidade também aparenta ter sido abandonada subitamente.

Na narrativa bíblica, no livro de Gênesis, as cidades de Sodoma e Gomorra foram destruídas com fogo por Deus por causa dos pecados de seus habitantes.

Deixe o seu comentário

Ou preencha o formulário abaixo.

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *