Notícia

Arqueólogos encontram selos do período do Primeiro Templo

Internacional |

Selo_epoca_TemploArqueólogos da Autoridade de Antiguidades de Israel (IAA, na sigla em inglês) encontraram dois selos do período do Primeiro Templo – construído pelo rei Salomão; eles pertenciam a duas mulheres de Jerusalém.

Segundo o comunicado emitido pelos diretores das escavações – que foram realizadas no sítio arqueológico Givati, na Cidade de Davi, fora dos limites da Cidade Antiga de Jerusalém –, os selos pessoais, como os que foram descobertos, eram utilizados para assinar documentos e geralmente possuíam o formato de um anel para os dedos das mãos do portador.

Quem detinha um selo-anel na antiguidade refletia um alto destaque social, que era seguido da identidade do dono e, consequentemente, de sua genealogia.

Os selos encontrados foram datados em cerca de 2,5 mil anos. Um deles pertencia a uma mulher identificada como Elihana bat Gael, em hebraico antigo, que trazia também a inscrição do nome do pai, indicando que ela manteve o direito à propriedade e independência financeira mesmo depois do casamento.

O segundo selo pertencia a outra mulher, que foi identificada como Sa‘aryahu ben Shabenyahu.

selo_IsraelTerra prometida

Para Hagai Misgav, da Universidade Hebraica, a descoberta de selos que pertenceram a pessoas do género feminino é algo admirável, porque na sociedade antiga as mulheres, geralmente, não tinham independência financeira, indicando o papel importante na comunidade que Elihana e Sa‘aryahu tinham.

Esse e outros achados em Jerusalém provam ainda mais que Israel sempre foi a terra prometida à Abraão e sua descendência. Mesmo em meio a tantos conflitos, os achados mostram a legitimidade do local.

Você gostou dessa notícia? Então compartilhe nas redes sociais.

Deixe o seu comentário

Ou preencha o formulário abaixo.

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *