Notícia

As doutrinas de Cinquenta Tons de Cinza

Internacional |

Fifty-Shades-Of-Grey_0Esse é um alerta a todos que desejam blindar suas vidas amorosas

Cristiane e Renato Cardoso tem procurado alertar as pessoas com respeito à importância de blindar suas vidas amorosas contra o lixo desse mundo. Dentro dessa missão, se sentem obrigados a avisar os interessados sobre a próxima investida do mal contra o casamento: o filme “50 tons de cinza”. Fizeram comentários extensos em dois episódios recentes de em seu programa de rádio. Agora, gostaríamos também que você lesse com atenção o texto de Evelyn Higginbotham, americana, que expõe com muita propriedade o ardil deste projeto do mal. E se não for pedirmos muito, passe adiante. Obrigado.

Temos de aprender com a experiência a evitar tanto linhas de pensamento quanto situações sociais que para nós (não necessariamente para todos) levam a tentações. É como dirigir um carro—não espere até o último momento para colocar o pé no freio, mas coloque-o, suave e silenciosamente, enquanto o perigo ainda está a uma boa distância.

C.S. Lewis

COM TUDO PREPARADO para o lançamento no Dia dos Namorados (Valentine’s Day nos EUA: 14 de fevereiro), os especialistas acreditam que este seja o filme mais bem sucedido financeiramente de todos os tempos—Cinquenta Tons de Cinza. O filme altamente controverso é baseado no livro de mesmo nome, com duas sequências igualmente populares. Os especialistas também consideram esse o pior livro de todos os tempos a entrar para a lista dos mais vendidos do New York Times. Além do tema repugnante, o estilo e a trama pobres fazem do livro uma verdadeira piada ao lado de verdadeiras obras de literatura. Mas os milhões de fãs em todo o mundo, e os milhões de dólares gerados não são piada. Como pode um livro que todos consideram horrível se tornar um fenômeno financeiro? É simples: demônios da perversão.

A trama é sobre um empresário rico que assedia uma jovem com baixa autoestima. Ela é uma virgem que luta contra os sentimentos de rejeição de seu pai, e que tem necessidade de afeto e romance. Ele a cerca de atenção, presentes luxuosos e dinheiro, e em troca lhe pede que se submeta às suas mais depravadas fantasias sexuais, que incluem escravidão, tortura e violência sadomasoquista indizível. Ela está apaixonada por ele e, por isso, aceita. O livro descreve e exalta cada um desses momentos “picantes” em detalhes, arrastando seus leitores para um tipo de inferno emocional. Depois de tais episódios sexuais, a mulher é deixada sangrando e tão machucada que mal consegue se mexer. Mas ela o “ama”, e no último livro da trilogia, ela se casa com ele.

PRIMEIRA DOUTRINA de Cinquenta Tons de Cinza

As mulheres devem encarar o abuso e a violência como algo nobre e corajoso. O autor tenta contrabalançar toda essa perversão com esperança e fé, sugerindo que uma jovem pura tem um poder de amar tão grande que é capaz de salvar um homem de seu tormento. Mas qualquer assistente social ou psiquiatra concordaria que esse é um quadro típico de abuso: A mulher ama um homem que é perigoso. Ela tem baixa autoestima. Ele a domina, ameaça e manipula. Ela se sente desejada e importante, e tolera a violência porque acredita que pode “salvá-lo”. Na vida real, muitas dessas histórias acabam em morte. Os boletins de ocorrência são provas disso.

SEGUNDA DOUTRINA

Perversão sexual é algo incrível. Cinquenta Tons de Cinza se tornou a nova fórmula de realização no casamento. As pessoas acreditam que precisam experimentar formas cada vez mais excitantes e pervertidas de prazer sexual para serem felizes, e quanto mais se aprofundam nessas experiências, mais os demônios da depravação invadem suas vidas e destroem suas famílias. É uma doutrina que glorifica a excitação sexual sem amor, sem carinho, sem dar, sem Deus—o egoísmo e a dor dão mais prazer. É inacreditável, mas até mesmo os cristãos estão se deixando levar por essa doutrina. Se você quer saber o que é o verdadeiro prazer no casamento, então leia o livro “Casamento Blindado” e tenha a vida amorosa que Deus planejou para você.

O diabo é o mestre do abuso físico e sexual, encontrado em todos os níveis da sociedade. Seus efeitos são devastadores: da escravidão infantil na África Oriental ao tráfico humano nos países árabes; da indústria do sexo na Tailândia, Filipinas e América do Sul à moderna e sedutora indústria pornográfica da Califórnia; dos Países Baixos e Reino Unido aos lares onde casos horríveis de violência contra mulheres e crianças acontecem diariamente em todos os lugares, um principado agressivo e demoníaco tem orquestrado toda essa a dor. E agora que o filme Cinquenta Tons de Cinza já está vendendo milhões de bilhetes mesmo antes de sua estreia, esses mesmos demônios estão preparados para invadir as almas de milhões de pessoas.

POR ISSO, SE VOCÊ ESTIVER PENSANDO em ver esse filme, se você gostou do livro, e até mesmo tem permitido que seus filhos adolescentes leiam, parabéns. Você está contaminando a sua mente com a sujeira deste mundo e enchendo a mente pura, bem como as emoções de seus filhos com desejos demoníacos que vão ficar com eles por toda a vida, a menos que eles lutem para quebrar essas maldições pela fé. Fora a vantagem que você tem de patrocinar a indústria mundial de perversão demoníaca. Você está ajudando criminosos a abusar de crianças e de pessoas inocentes em todo o mundo. Você está tornando a vida muito confortável para aqueles que vivem do sofrimento dos outros, graças às suas compras e sua propaganda pessoal ao entrar naquela sala de cinema, tolerando essas mentiras. Por favor, pense de maneira inteligente, e escolha com sabedoria.

Qualquer, porém, que fizer tropeçar a um destes pequeninos que creem em mim, melhor lhe fora que se lhe pendurasse ao pescoço uma grande pedra de moinho, e fosse afogado na profundeza do mar. Ai do mundo, por causa dos escândalos; porque é inevitável que venham escândalos, mas ai do homem pelo qual vem o escândalo!

Mateus 18:6,7

Evelyn Higginbotham

OBS: Você leu o livro ou conhece alguém que leu que teve uma má experiência como resultado? Compartilhe sua história abaixo…

Deixe o seu comentário

Ou preencha o formulário abaixo.

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

1 comentário

Marcos Fonseca Responder 6 Fevereiro, 2015 às 9:26

A partir do momento que um homem e uma mulher de Deus estão dispostos a ajudar-nos em nossas relações afetivas e nos alertam que nosso casamento, namoro ou noivado estão em risco partir desse “maldito” livro e filme, então temos uma escolha entre duas. Ou a voz do casal de Deus nos indicando o que é melhor ou a voz do diabo tentando nos levar a um mundo de pornografia baixa sem falar na violência contra um ser humano, usando como desculpa o “amor”. Pessoal, a coisa é tão simples…ou ouvem a Deus ou ouvem o diabo, dominador desse mundo. Eu e minha esposa preferimos ouvir a Palavra de Deus, através dsse casal maravilhoso. Deus abençoe a cada dia.