Notícia

Assassino torna-se estrela do Youtube

Internacional |
Assassino-torna-se-estrela-Youtube

Jhon Jairo Velásquez era o assassino número um de Pablo Escobar, tendo morto mais de 300 pessoas e planeado a morte de outras centenas, durante o final dos anos 80 e o princípio dos anos 90

Hoje, depois de passar mais de 20 anos preso, “Popeye” tornou-se numa estrela do Youtube, transmitindo remorsos e oferecendo conselhos a mais de 100 mil assinantes.

“Decidi criar este canal para estar em contacto com as pessoas e contar a verdadeira história do Cartel de Medellin, sem verdades inventadas, nem mentiras mal-intencionadas”, relatou Velásquez ao El País.

Apesar dos inúmeros assassinatos que cometeu, incluindo a sua confissão do bombardeamento do Voo 203 da Avianca, que tirou a vida a 100 pessoas, Velásquez foi condenado por apenas um crime, o assassinato do Luis Carlos Galán, um candidato à presidência da Colômbia, em 1989.

Em 2014 foi-lhe concedida a liberdade condicional e em agosto de 2015 publicou o seu primeiro vídeo. Desde aí, publicou mais de 80 vídeos, juntando quase 120 mil assinantes e alcançando cerca de 10 milhões de visualizações.

“O meu canal chama-se ‘Repentant Popeye’ (‘Popeye arrependido’) porque estou, de verdade, arrependido. Vou lutar para ter uma nova vida”, contou ao mesmo jornal, acrescentando, “estou arrependido de ter causado tantos danos na vida de pessoas inocentes. Na altura, fi-lo por alguns ideais, por uma causa que nunca mereceu tantos atos bárbaros”.

Na sua interação com os youtubers, Velásquez assume a responsabilidade pelos seus crimes e demonstra remorsos pelo mal causado.

Arrependimento

Será que, realmente, qualquer pessoa pode tomar a decisão de mudar de vida, não importando o seu passado, e assim ajudar os demais, sendo uma fonte de inspiração?

Sim! Senão vejamos os casos verídicos que podem ser vistos no nosso site, as histórias de inúmeras pessoas que, depois de conhecerem o Centro de Ajuda e de entregarem as suas vidas a Deus, foram completamente transformadas.

Deixe o seu comentário

Ou preencha o formulário abaixo.

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *