Notícia

Ataques na Turquia, Suíça e Alemanha deixam ao menos 12 mortos e dezenas de pessoas feridas

Internacional |

site-690x460

Pastor responsável pela Universal em Berlim gravou vídeo dizendo que nenhum membro da Igreja foi atingido em possível atentando. Veja

Turquia

O embaixador da Rússia na Turquia, Andrei Karlov (foto ao lado), foi morto a tiros enquanto visitava uma galeria de arte em Ancara, capital turca, nesta segunda-feira (19). Karlov fazia um discurso após participar da exposição “Russia as seen by Turks” (“Rússia na visão dos turcos”, em tradução literal) quando um homem armado, identificado como Mevlut Mert Altintas, de 22 anos, disparou contra ele. Na foto ao lado, ele discursa enquanto o assassino está logo atrás, do lado esquerdo.

Os dois países têm posicionamentos diferentes em relação à guerra civil na Síria e, logo após o atentado, o atirador gritou “Allahu Akbar” (“Alá é grande”), em defesa da Síria, além de outras palavras de apoio ao país, que vive em guerra civil desde 2011. O atirador foi morto por autoridades policiais.

Horas depois, outro homem foi preso em Ancara, após atirar para o alto em frente à Embaixada dos Estados Unidos. Os tiros seriam um sinal de protesto.

Suíça

No mesmo dia, outro ataque abalou a população de Zurique, na Suíça. Um homem, ainda não identificado, entrou em uma mesquita – local de oração para muçulmanos – e atirou contra fiéis. Três pessoas ficaram gravemente feridas. O atirador fugiu do local, mas foi encontrado morto momentos depois.

reuters-690x460Alemanha

Um motorista que conduzia um caminhão avançou com o veículo contra a multidão que se concentrava em um famoso mercado de Natal em Berlim, capital da Alemanha. O local (foto ao lado) é a principal rua comercial do Centro da cidade e estava no momento de maior movimento, repleto de moradores locais e turistas.

Autoridades ainda investigam a possibilidade de ter sido um ato terrorista, mas já se sabe que foi intencional. Pelo menos 12 pessoas morreram e 48 ficaram feridas. A polícia prendeu um suspeito de ser o motorista. O homem que estava com ele no caminhão morreu no ataque.

Próximo ao local do ataque funciona um templo da Universal. O responsável pelo trabalho lá, pastor Amauri Farias, gravou um depoimento em apoio aos familiares das vítimas, avisando que os membros da Igreja estão bem e convidando para a reunião desta quarta-feira (21), em que realizará uma oração especial pedindo proteção a Deus e para que os familiares de quem perdeu seus entes queridos sejam confortados. Veja abaixo:

Em um mundo em que o ódio e a violência têm se tornado constantes, precisamos mesmo buscar a presença de Deus e a Sua proteção.

Fonte: universal.org

Deixe o seu comentário

Ou preencha o formulário abaixo.


O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *