Notícia

Batismo no gelo

Internacional |

batismogeloA Sibéria é uma vasta região da Rússia e do norte do Cazaquistão conhecida por ser o local habitado mais frio do mundo. Para se ter uma ideia, o clima varia entre o polar e o continental, chegando a fazer -72º. Será que é possível alguém se batizar em um lugar assim?

A prova de que isso é possível está num vídeo que circula na internet, em que um grupo de cristãos resolveu assumir a fé em Deus por meio do batismo nas águas. Mas, para quem pensa que essa atitude foi fácil, está muito enganado. Eles tiveram que enfrentar as águas congelantes da região. A atitude de fé dessas pessoas mostrou que, quando se quer realmente uma nova vida, é valido enfrentar qualquer situação.

Veja no vídeo abaixo como foi esse momento:

O que é o batismo nas águas?

O ato é mais do que uma cerimônia. Aquele que decide passar pelas águas substitui a velha natureza pecaminosa pela prática dos ensinamentos deixados por Jesus. Em seu livro “Como fazer a obra de Deus”, o bispo Edir Macedo dá mais detalhes sobre o batismo nas águas.

“O mergulho nas águas batismais simboliza o sepultamento da velha natureza enquanto que o levantar das águas simboliza a ressurreição de uma nova vida. Quando a pessoa toma a decisão de ser batizada nas águas pela fé o Espírito Santo efetua o milagre tanto no morrer da velha natureza pecaminosa quanto o renascer de uma nova criatura em Cristo Jesus. O resultado é imediato, pois há em nosso ser uma transformação de comportamento tal que passamos a viver uma vida totalmente diferente daquela que vivíamos anteriormente. Isto é, aquele gênio ruim ou temperamento difícil que fazia parte do nosso ser desaparece por completo dando lugar um caráter dócil e humilde de acordo como caráter de Deus”, explica.

Muitos enfrentam temperaturas baixas para se entregar a Deus, então, se você ainda não tomou essa decisão, está na hora de repensar como está sua comunhão com o Altíssimo. Procure um Centro de Ajuda mais próximo de sua casa, clicando aqui e saiba mais sobre o batismo nas águas.

Conhece alguém que está em dúvida se deve ou não se batizar? Compartilhe essa matéria com outras pessoas em suas redes sociais.

Deixe o seu comentário

Ou preencha o formulário abaixo.

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *