Notícia

Britânicos preparam-se para fugir do Apocalipse

Internacional |

151027112359_prepper_abre_640x360_bbc_nocreditSerá possível proteger-se do caos?

O britânico Peter Stanford, terapeuta motivacional, encontra-se próximo de um canal numa área rural do condado de Bedfordshire, a encher a sua canoa insuflável. O meio de transporte escolhido por Sanford para escapar do que chama de “situação apocalíptica”. De uma crise financeira a uma repetição dos violentos distúrbios nas ruas de Londres em 2011. “Não viverei tenso à espera dessa tragédia”, explicou ao canal da BBC.

A decisão de se tornar um prepper (indivíduo que se prepara para uma grande catástrofe) foi tomada há 20 anos, depois de conversar com amigos militares, que serviram em partes do mundo destruídas pela guerra.

Todas as noites, ele pega na sua canoa insuflável e nos pertences que julga indispensáveis para uma situação de caos e vai para o rio treinar uma rotina de fuga. Segundo o britânico, a rede de canais do seu país é ideal para se locomover. Já comprou até uma segunda canoa para que o filho e a ex-mulher também escapem. “Temos estratégias e mesmo um lugar para nos encontrarmos”, diz Stanford.

_86346161_roachtwo-goodoneoffaceNas florestas de Hertfordshire, Michael Sanderson, conhecido como Roach, mostra o seu carro adaptado, que inclui uma tenda no teto, grande o suficiente para abrigar uma família, além de uma cozinha acoplada. “É uma questão de viver com simplicidade. Não quero que o mundo acabe e que coisas más aconteçam com pessoas boas. Mas não tenho como controlar o mundo”, diz Roach à BBC.

Roach é um ex-militar que passou a maior parte da sua carreira a trabalhar como paramédico. Diz ter visto coisas que muitos não gostariam de testemunhar. As experiências “empurraram-no” para o mundo prepper. “Não sou paranoico. Estamos a preparar-nos para tudo: o que aconteceria se perdesse o seu emprego amanhã? Teria comida e dinheiro suficientes para cuidar da sua família?”

151027112455_prepper_canoa_624x351_bbc_nocreditO apelido Roach vem do seu canal no YouTube, em que compartilha exemplos dos seus preparativos com outros preppers ao redor do mundo. Ele acredita que quem não se prepara para catástrofes é ingénuo. “Quando as pessoas dizem não acreditarem que eu seja um prepper, respondo: ‘Não acredito que você não seja’. Subestimamos o quão rápido as coisas podem deteriorar-se”.

Roach admite que algumas das suas práticas podem ser exageradas aos olhos de muitos, mas argumenta que muitas pessoas são prepper sem saber. “Se você junta dinheiro no banco para uma emergência, é prepper. E se decide que se prepara para o futuro, isso é prepping”.

O movimento prepper é mais forte nos Estados Unidos e baseado em ideias de autossustentabilidade e liberdade. A ideia de “cada um por si” é recorrente no mundo dos preppers, que parecem muito mais preocupados com a sobrevivência individual do que com a da comunidade como um todo.

A verdadeira proteção

Mesmo com toda essa precaução, será que é possível proteger-se do Apocalipse? Os britânicos Stanford e Roach estão a treinar para uma fuga diante de uma catástrofe. Mas, será que se estão a preparar para o mais importante: a Salvação das suas almas?

Algumas pessoas ainda se previnem acerca de muitas coisas, ganhos e perdas materiais, mas não se preocupam com o Dia do Juízo Final. A verdadeira proteção está na alma. Sobreviverá ao Apocalipse quem se entregar a Deus e passar a viver de acordo com a Sua Palavra, livre de todas as dúvidas e aflições. Se você deseja conquistar a Vida Eterna, precisa manter-se desperto, vigilante, em oração e firme na Palavra de Deus.
“Buscai, pois, em primeiro lugar, o Seu Reino e a Sua Justiça, e todas estas coisas vos serão acrescentadas” (Mateus 6.33).

E você está pronto para quando chegar o Fim dos Tempos? Qual é o seu plano?
O Bispo Edir Macedo, no seu livro “Estudo do Apocalipse”, explica: “Você talvez pergunte como pode entregar a sua vida ao Senhor. A resposta é: basta que, neste exato momento, feche os olhos e confesse que a sua vida, a partir de agora, pertence a Ele. Mas é tão simples assim? É! O Espírito Santo está sempre disponível para entrar em ação tão logo alguém invoque o nome do Senhor Jesus.”

Não perca o estudo do apocalipse neste domingo às 18h00

Templo Maior
Rua Dr. José Espírito Santo 36
Marvila, Lisboa

E em todas as sedes estaduais do CdA

Deixe o seu comentário

Ou preencha o formulário abaixo.

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *