Notícia

Casal é preso por anunciar bebé de 10 dias para venda na internet

Internacional |

casal_poe_bebe_a_vendaNa cidade de Ibirité, no estado brasileiro de Minas Gerais, Abimael Moreira Caldeira Costa foi preso após a polícia identificar um anúncio publicitário em que ele e sua esposa vendiam o filho recém-nascido em um famoso site de compras online.

“Vendo lindo bebé com 10 dias de vida, homem lindo, com saúde total e comprovada. Ótimo investimento. Valor a combinar”, dizia a propaganda, que continha fotos da criança anexadas.

Após receberem diversas denúncias, a Polícia Civil encontrou o casal na cidade Ibirité, prendeu os pais e encaminhou o bebé e seus irmãos (de dois e quatro anos de idade) ao Conselho Tutelar contagense. A moça foi liberada após algumas horas, mas segue sob investigação. Abimael permaneceu preso e está sendo processado pelo Ministério Público com base nos artigos 232 e 238 do Estatuto da Criança e do Adolescente que falam sobre, respectivamente, “Submeter criança ou adolescente sob sua autoridade, guarda ou vigilância a vexame ou a constrangimento” e “Prometer ou efetivar a entrega de filho ou pupilo a terceiro, mediante paga ou recompensa”.

Se condenado, cada um dos pais pode ser condenado a até seis anos de prisão, além de, evidentemente, perderem a guarda das crianças.

Abimael afirma que o anúncio de venda foi feito como uma “brincadeira”, mas mesmo assim será investigado.

Excesso de descontração

Ainda que ele alegue se tratar de uma “piada”, é preciso refletir sobre a situação em que Abimael e sua esposa colocaram seus filhos. Quando acolhidos pelo Conselho Tutelar nenhum deles apresentava sinal de violência doméstica. No entanto, a exposição que sofreram configura crime e demonstra o quão irresponsáveis algumas pessoas podem ser quando estão na internet.

Conforme defende o bispo Edir Macedo, “Muitos têm tido acesso à internet. Todavia, poucos têm usado a inteligência na sua utilização”.

Talvez você afirme: “Nunca colocaria meu filho à venda”. Todavia, existem outras formas de exposição, tão perigosas quanto essas, que muitos não levam em conta, justamente por não refletirem sobre elas. Postar mensagens como “Levando o filho na escola” ou “Minha filha na piscina” são exemplos.

As pessoas não refletem sobre o que, quando ou para quem postam. Relatam detalhes pessoais, que jamais deveriam sair de casa, a qualquer um que esteja assistindo.

A Bíblia afirma que “se alguém não tem cuidado dos seus, e principalmente dos da sua família, negou a fé, e é pior do que o infiel”. (1 Timóteo 5.8)

Será que Abimael cuidava de seu filho recém-nascido quando anunciou sua venda? Será que as pessoas que protegem e tomam conta dos seus expõem fotos particulares, discussões ou segredos de família em redes sociais? É preciso pensar bem antes exibir seu filho a qualquer um.

Para entender melhor a relação entre pais e filhos e descobrir como construir esse relacionamento no mundo atual, participe do Domingo da Direção Certa, uma reunião que acontece aos domingos, às 9h30, no Templo Maior, na Rua Dr. José Espírito Santo, 36, Marvila, Lisboa. Você também pode procurar auxílio em um Centro de Ajuda perto de si. Encontre um endereço clicando aqui.

Deixe o seu comentário

Ou preencha o formulário abaixo.

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *